Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Hubble mostra gigante vermelha brilhante a 400 anos-luz da Terra (FOTO)

© Foto / ESA/Hubble, Digitized Sky Survey 2 crédito: D. De MartinImagem mostra uma visão ampla da CW Leonis
Imagem mostra uma visão ampla da CW Leonis - Sputnik Brasil, 1920, 31.10.2021
Nos siga no
Uma imagem captada pelo Telescópio Espacial Hubble retrata a turbulenta estrela de carbono CW Leonis, que pode estar sofrendo a influência de uma companheira próxima.
Como é possível observar na imagem, a estrela de carbono CW Leonis assemelha-se a um olho laranja brilhando atrás de uma nuvem de fumaça.
De acordo com a NASA, a CW Leonis está a uma distância de 400 anos-luz da Terra, na constelação de Leão, sendo a estrela de carbono mais próxima de nosso planeta.
"As 'teias de aranha' laranja-avermelhadas são nuvens empoeiradas de carbono fuliginoso engolindo a estrela moribunda [...]", explica a NASA.
© Foto / ESA/Hubble & NASA, T. Ueta, H. KimImagem captada pelo Telescópio Espacial Hubble retrata a turbulenta estrela de carbono CW Leonis, está a uma distância de 400 anos-luz da Terra, na constelação de Leão
Imagem captada pelo Telescópio Espacial Hubble retrata a turbulenta estrela de carbono CW Leonis, está a uma distância de 400 anos-luz da Terra, na constelação de Leão - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Imagem captada pelo Telescópio Espacial Hubble retrata a turbulenta estrela de carbono CW Leonis, está a uma distância de 400 anos-luz da Terra, na constelação de Leão
A agência espacial norte-americana também explica que o carbono, cozido por meio da fusão nuclear no interior da estrela, fornece uma atmosfera rica em carbono, e explodir o carbono de volta ao espaço fornece matéria-prima para a formação de futuras estrelas e planetas.
A imagem registrada também mostra a "complexa estrutura interna de conchas e arcos que pode ser moldada pelo campo magnético da estrela".
"Os feixes de luz brilhantes que irradiam da CW Leonis são uma das características mais intrigantes da estrela [...] Eles mudaram de brilho em um período de 15 anos, um intervalo de tempo muito curto em termos astronômicos", afirmou a agência espacial norte-americana.
As observações detalhadas da CW Leonis feitas pelo Hubble nas últimas décadas também mostram a expansão de fios, semelhantes a anéis de material ejetado ao redor da estrela, as camadas externas afinadas da CW Leonis.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала