Índia implanta helicópteros Chinook dos EUA para aumentar defesa na fronteira disputada com China

© AP Photo / Mikhail MetzelHelicóptero militar CH-47 Chinook
Helicóptero militar CH-47 Chinook  - Sputnik Brasil, 1920, 29.10.2021
Nos siga noTelegram
A Índia continua reforçando suas capacidades de defesa com armas norte-americanas adquiridas recentemente em áreas adjacentes à parte oriental da região autônoma do Tibete da China, que faz fronteira com a parte nordeste do país.
A Índia posicionou helicópteros Chinook, obuseiros e canhões rebocados ultraleves, fabricados pelos EUA, mísseis de cruzeiro supersônicos e um sistema de vigilância de fabricação nacional, segundo Bloomberg.
O armamento avançado está sendo comandado pelo recém-formado Corpo de Ataque de Montanha, uma unidade ofensiva do Exército Indiano sob o Comando Oriental.
O tenente-general Manoj Pande, chefe do Comando Oriental do Exército indiano, expressou confiança na "preparação militar" das tropas para lidar com qualquer eventualidade na fronteira com a China.
Ele confirmou o aumento na implantação de satélites, veículos aéreos não tripulados de longo alcance, sistemas de inteligência, vigilância e reconhecimento e outras capacidades pela Índia em Arunachal Pradesh, na fronteira com a China.
A maior parte do armamento está no planalto de Tawang em Arunachal Pradesh, uma região administrada por Nova Deli, mas reivindicada por Pequim como parte do Tibete.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала