Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Homo bodoensis: novo ancestral humano é nomeado por antropólogos (FOTO)

© Foto / Pixabay / DevanathCrânio humano (imagem ilustrativa)
Crânio humano (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil, 1920, 29.10.2021
Nos siga no
Uma nova espécie de ancestral humano que viveu na Etiópia atual, no Pleistoceno Médio, recebeu seu nome oficial, Homo bodoensis, em homenagem ao local onde seu crânio foi encontrado.
Um grupo internacional de pesquisadores anunciou o nome de uma nova espécie de ancestral humano, o Homo bodoensis. O nome vem do lugar Bodo D'ar na Etiópia, onde o crânio foi encontrado, segundo o estudo na revista Evolutionary Anthropology Issues News and Reviews.
Os pesquisadores acreditam que o Homo bodoensis, que viveu na África há cerca de meio milhão de anos, foi o ancestral direto do humano moderno.
De acordo com nova classificação, a maioria dos restos humanos na África e alguns no Sudeste da Europa pertence à nova espécie, enquanto a maioria das pessoas dessa época no continente europeu é classificada como neandertais.
© Foto / Jeffrey H. SchwartzFragmentos de crânio de novo ancestral humano Homo bodoensis
Fragmentos de crânio de novo ancestral humano Homo bodoensis - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Fragmentos de crânio de novo ancestral humano Homo bodoensis
Tradicionalmente, esses fósseis eram atribuídos ao Homo heidelbergensis ou ao Homo rhodesiensis, ambos com várias definições muitas vezes contraditórias.
"Tornou-se impossível falar sobre a evolução humana naquele período devido à falta de terminologia adequada que reconheça as diferenças geográficas dos humanos", disse a chefe da pesquisa, Mirjana Roksandicem.
Os cientistas acreditam que a seleção da nova espécie esclarecerá a confusão nos esquemas evolutivos e esperam que o novo nome seja aceito pela comunidade de antropólogos.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала