Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Ante afirmação de Bolsonaro, presidente da Petrobras diz que estatal 'não persegue lucro pelo lucro'

© Foto / Marcelo Camargo/Agência BrasilO general Joaquim Silva e Luna durante audiência pública na Câmara dos Deputados.
O general Joaquim Silva e Luna durante audiência pública na Câmara dos Deputados. - Sputnik Brasil, 1920, 29.10.2021
Nos siga no
Segundo Joaquim Silva e Luna, empresa tem "resultados e lucros sólidos", que ajudam "a sustentar políticas públicas para os brasileiros". Ontem (28), presidente da República criticou estatal afirmando que "se é uma empresa que exerce monopólio, tem que ter viés social".
Em reunião para investidores na tarde de hoje (29), o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, disse que a empresa continuará com disciplina de capital, ao mesmo tempo que adota políticas que visam os melhores retornos aos acionistas, e, consequentemente, para a sociedade brasileira, de acordo com o UOL.
As declarações de Silva e Luna acontecem após o presidente da República, Jair Bolsonaro, dizer que a estatal precisa ter um papel social e não pode ser uma empresa que dê "lucro tão alto", conforme noticiado.
"É bom enfatizar que a Petrobras não persegue o lucro pelo lucro, o nosso objetivo é retornar valor para os nossos acionistas e para a sociedade, por meio de impostos, dividendos e geração de empregos e investimentos. [...] Continuaremos atuando com disciplina de capital, investindo em ativos com altas taxas de retorno, com foco na geração de valor para a sociedade. O resultado numérico desse trabalho é traduzido em lucro", comentou Silva e Luna.
Ainda segundo o presidente da estatal, "os sólidos resultados" da empresa em 2021 "permitirão que a sociedade brasileira, por meio da União, receba R$ 23,3 bilhões em dividendos", recursos que ajudariam a sustentar "políticas públicas para todos os brasileiros e que beneficiam especialmente os mais vulneráveis".
© REUTERS / DIEGO VARALogo da estatal Petrobras na Refinaria Alberto Pasqualini em Canoas, Rio Grande do Sul, 25 de outubro de 2021
Logo da estatal Petrobras na Refinaria Alberto Pasqualini em Canoas, Rio Grande do Sul, 25 de outubro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Logo da estatal Petrobras na Refinaria Alberto Pasqualini em Canoas, Rio Grande do Sul, 25 de outubro de 2021
De acordo com a mídia, o balanço de ontem (29) indicou que a Petrobras recolheu R$ 134,1 bilhões em tributos aos cofres públicos de janeiro a setembro, alta de 43,4% ante o mesmo período do ano passado.
Entretanto, para o bolso do brasileiro, fica cada vez mais difícil desassociar a empresa brasileira da alta nos combustíveis. Só neste ano, a gasolina sofreu aumento de 73,4%.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала