Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA planejam equipar drones com arsenal futurístico após fracasso no Oriente Médio

© Foto / General AtomicsMQ-9B SeaGuardian
MQ-9B SeaGuardian - Sputnik Brasil, 1920, 28.10.2021
Nos siga no
A General Atomics, responsável pelo desenvolvimento dos drones norte-americanos, afirmou que, após décadas de atuação no Iraque e Afeganistão, pretende reequipar seus equipamentos com lasers e interceptadores de mísseis.
Com isso, a fabricante pretende mudar o foco destes equipamentos, que tinham como função vigiar e contra-atacar os terroristas, para uma era conhecida como o Grande Conflito de Poder, onde os EUA esperam enfrentar regimes mais avançados do ponto de vista tecnológico.
Além disso, a empresa acredita que as novas armas sejam necessárias para se equiparar aos adversários mais sofisticados, como a China e a Rússia.
Outro fator que incentivou o desenvolvimento das novas armas foi o fracasso no Oriente Médio, onde diversos drones norte-americanos foram abatidos nos últimos anos.
De acordo com a General Atomics, citada pelo portal Flight Global, os lasers seriam capazes de eliminar mísseis lançados contra drones, sendo capaz de atingir alvos a até cinco quilômetros de distância.
Apesar de ser pequeno e requerer menos energia, o sucesso do novo armamento ainda é uma dúvida, já que é um sistema de energia direcionado.
Justamente por esta dúvida, a fabricante está desenvolvendo um míssil de autoproteção da aeronave, projetado para abater os projéteis que se aproximam.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала