Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Mentiram desde início': mais de 500 americanos e residentes legais ainda podem estar no Afeganistão

© REUTERS / Mídia AssociadaEvacuados são escoltados até uma aeronave durante uma evacuação no Aeroporto Internacional Hamid Karzai, Cabul, Afeganistão, 25 de agosto de 2021
Evacuados são escoltados até uma aeronave durante uma evacuação no Aeroporto Internacional Hamid Karzai, Cabul, Afeganistão, 25 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 24.10.2021
Nos siga no
Os congressistas republicanos estão furiosos com os relatos de que mais de 500 norte-americanos e residentes permanentes legais ainda podem estar no Afeganistão, o que é muito acima do número de "100 a 200" pessoas revelado pela Casa Branca.
Fontes do Congresso dos EUA disseram a vários meios de comunicação que o Departamento de Estado os informou que está em contato com 363 cidadãos americanos e mais de 170 residentes permanentes no Afeganistão. 176 cidadãos americanos supostamente querem deixar o país.
Nesta semana, o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, anunciou que o governo facilitou a evacuação de 234 cidadãos americanos e 144 residentes permanentes legais de Cabul nos dois meses desde o fim oficial da operação dos EUA em 31 de agosto.
Price também observou que um "número adicional" não especificado de americanos e residentes permanentes legais saiu do país de maneira independente de avião ou cruzando a fronteira terrestre.
No final de agosto, o secretário de Estado Antony Blinken insistiu que apenas "um pequeno número de americanos, menos de 200 e provavelmente perto de 100", estava no país e queria sair.
Price repetiu o número de "100 a 200", mesmo depois de anunciar o número de que cerca de 400 cidadãos americanos e residentes permanentes foram retirados.
O congressista Darrell Issa, republicano da Califórnia, acusou, em entrevista ao Fox News no sábado (23), a administração Biden de ter mentido sobre as estimativas de pessoas a evacuar.
"O que suspeitávamos há muito agora está confirmado: o que a Casa Branca chama de transporte aéreo historicamente bem-sucedido foi na realidade a pior traição de sempre de cidadãos americanos em um país estrangeiro", afirmou Issa.
"Então, eles mentiram sobre isso desde o início", acrescentou.
O senador republicano Ben Sasse, de Nebraska, também disse que o "número oficial [do governo] era 'cerca de cem' e magicamente nunca mudou", e que mesmo "à medida que os americanos saíam lentamente o número total nunca diminuiu".
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала