Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Hubble revela momentos iniciais da morte catastrófica de supernova (FOTO)

© Foto / Domínio público / Robert SullivanRemanescente de supernova (imagem referencial)
Remanescente de supernova (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 22.10.2021
Nos siga no
Astrônomos da NASA testemunharam a explosão da supernova SN 2020fqv dentro das Galáxias Borboleta, localizadas a aproximadamente 60 milhões de anos-luz da Terra, na constelação de Virgem.
O Telescópio Espacial Hubble captou os primeiros momentos da catastrófica morte da supernova SN 2020fqv.
Os dados do Hubble, combinados com observações da estrela condenada, podem fornecer aos astrônomos um sistema de alerta precoce para outras estrelas a ponto de explodir.
© Foto / NASA, ESA, R. Foley (UC Santa Cruz), J. DePasquale (STScI)Astrônomos da NASA testemunharam a explosão da supernova SN 2020fqv dentro das Galáxias Borboleta, localizadas a aproximadamente 60 milhões de anos-luz da Terra, na constelação de Virgem
Astrônomos da NASA testemunharam a explosão da supernova SN 2020fqv dentro das Galáxias Borboleta, localizadas a aproximadamente 60 milhões de anos-luz da Terra, na constelação de Virgem - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Astrônomos da NASA testemunharam a explosão da supernova SN 2020fqv dentro das Galáxias Borboleta, localizadas a aproximadamente 60 milhões de anos-luz da Terra, na constelação de Virgem
Esta foi a primeira visão holística de uma estrela na fase mais precoce de destruição. O Hubble investigou o material próximo da estrela, chamado material circunstelar, poucas horas depois da explosão. Este material se soltou da estrela no último ano de sua vida, permitindo aos astrônomos compreender o que estava acontecendo com a estrela antes de morrer.
"Agora, temos toda esta história sobre o que aconteceu com a estrela nos anos anteriores a sua morte, durante o momento da morte e após isso [...] Essa realmente é a visão mais detalhada de estrelas como esta nos seus últimos momentos e de como elas explodem", afirmou Ryan Foley, da Universidade da Califórnia, líder da equipe.
A supernova SN 2020fqv foi descoberta em abril de 2020 pelo Zwicky Transient Facility no Observatório Palomar em San Diego, Califórnia.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала