Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Cientistas encontram cerca de 200 ovos e esqueletos de dinossauros na Argentina (FOTOS)

© Foto / Pixabay / PiotrZakrzewskiDinossauros (imagem referencial)
Dinossauros (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 22.10.2021
Nos siga no
Pesquisadores acharam na Patagônia, Argentina, fósseis de ovos e esqueletos de dinossauros, cujos espécimes foram datados do período Jurássico, há cerca de 192 milhões de anos.
Pesquisadores descobriram cerca de 200 restos de dinossauros em um local na província de Santa Cruz, sul da Argentina, comunicou na quinta-feira (21) o Museu Paleontológico Egidio Feruglio (MEF, na sigla em espanhol).
"Este foi o local de nidificação, onde encontramos mais de 100 ovos de dinossauros, alguns com embriões fossilizados, e mais de 80 esqueletos, incluindo pintos recém-nascidos, jovens de um ano de idade, adolescentes de cerca de cinco anos, e adultos com mais de dez anos de idade", explicou o paleontólogo Diego Pol, do Conselho Nacional de Pesquisas Científicas e Técnicas (CONICET, na sigla em espanhol), sobre o estudo, que foi publicado na revista Nature.
Os primeiros restos de ninhos e ovos fossilizados, encontrados na área de El Tranquilo, foram descobertos nos anos 1960, durante uma campanha liderada pelo paleontólogo argentino José Bonaparte.
© REUTERS / Roger Smith / HandoutFoto não datada de ovo fossilizado do Mussaurus patagonicus, dinossauro comedor de plantas do período Jurássico, encontrado no sul da Patagônia, Argentina
Foto não datada de ovo fossilizado do Mussaurus patagonicus, dinossauro comedor de plantas do período Jurássico, encontrado no sul da Patagônia, Argentina - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Foto não datada de ovo fossilizado do Mussaurus patagonicus, dinossauro comedor de plantas do período Jurássico, encontrado no sul da Patagônia, Argentina
Na época foram encontrados os primeiros fósseis conhecidos de Mussaurus patagonicus, um dinossauro sauropodomorfo primitivo, ancestral dos grandes dinossauros de pescoço longo, que viveram no período Jurássico Primitivo, há 192 milhões de anos.
© REUTERS / Diego Pol / HandoutFoto não datada de ovos fossilizados do Mussaurus patagonicus, dinossauro comedor de plantas do período Jurássico, encontrado no sul da Patagônia, Argentina
Foto não datada de ovos fossilizados do Mussaurus patagonicus, dinossauro comedor de plantas do período Jurássico, encontrado no sul da Patagônia, Argentina - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Foto não datada de ovos fossilizados do Mussaurus patagonicus, dinossauro comedor de plantas do período Jurássico, encontrado no sul da Patagônia, Argentina
Os restos encontrados agora, que também pertencem à mesma espécie, cobrem uma área de um km2.
"É um lugar que interpretamos como uma colônia de reprodução, onde todos estes animais se reuniam ano após ano durante a época de acasalamento, e após estudar os sedimentos pudemos inferir que o local escolhido estava localizado perto de um lago seco", disse Pol, que vem investigando esta colônia de herbívoros junto com uma equipe interdisciplinar internacional nos últimos 15 anos.
Cinco pesquisadores argentinos do CONICET e outros três, da África do Sul, EUA e a França, participaram da pesquisa.
Trata-se do primeiro registro de comportamento social complexo desta espécie, nota o MEF.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала