Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Turquia desmonta rede suspeita de espionar para Mossad, de acordo com mídia

CC0 / / Símbolo do Mossad (imagem referencial)
Símbolo do Mossad (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 21.10.2021
Nos siga no
Mídia da Turquia relata que foram descobertos no país agentes da inteligência israelense que espionavam estudantes, particularmente palestinos e envolvidos na indústria da defesa.
A Turquia prendeu 15 pessoas suspeitas de trabalhar para o serviço secreto de Israel, Mossad, informou na quinta-feira (21) o Ministério Público de Istambul, citado pelo jornal Sabah.
Os investigadores disseram acreditar que um grupo de indivíduos na Turquia estava coletando informações e dados de importância para Israel.
Os suspeitos que supostamente colaboraram com os serviços de inteligência de Israel, são acusados de espionagem internacional, referiu na quinta-feira (21) a agência turca Anadolu, citando fontes da Promotoria da Turquia.
De acordo com o Sabah, a rede de espiões foi vigiada durante mais de um ano, e seu objetivo era recolher informações sobre estudantes estrangeiros em universidades da Turquia, particularmente palestinos e os que tinham um futuro potencial na indústria da defesa. Os espiões também foram supostamente encarregados de investigar uma série de outras associações e organizações não especificadas que hospedaram palestinos no país.
Segundo as autoridades de investigação turcas, os suspeitos cooperaram ativamente com os palestinos e sírios que vivem na Turquia, e entregaram os dados ao Mossad. A inteligência de Israel, por sua vez, teria recompensado os agentes através de sistemas internacionais de transferência de dinheiro como os Western Union, Moneygram, Bitcoin, e até por mensageiros.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала