Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Fim das operações dos EUA no Afeganistão será alvo de série de investigações em Washington

© AFP 2021 / Wakil KohsarCombatentes das forças especiais Badri do movimento Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) e jornalista se levantam depois de caírem de um veículo no aeroporto de Cabul em 31 de agosto de 2021
Combatentes das forças especiais Badri do movimento Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) e jornalista se levantam depois de caírem de um veículo no aeroporto de Cabul em 31 de agosto de 2021    - Sputnik Brasil, 1920, 18.10.2021
Nos siga no
O enviado norte-americano no Afeganistão, Zalmay Khalilzad, renunciou nesta segunda-feira (18). A informação foi anunciada pelo secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken.
O órgão fiscalizador do Departamento de Estado dos EUA está lançando uma série de investigações sobre o fim caótico das operações diplomáticas do governo Biden no Afeganistão, incluindo a evacuação de emergência da embaixada dos EUA em Cabul, informou o portal Politico nesta segunda-feira (18).
A inspetora-geral interina, Diana Shaw, também analisará o Programa de Visto Especial para Imigrante do Departamento de Estado dos EUA, que permitia a admissão de afegãos como refugiados e seu reassentamento nos EUA.
Em carta aos legisladores, Shaw afirmou que seu escritório estava lançando "vários projetos de supervisão" relacionados ao fim das missões militares e diplomáticas dos EUA no Afeganistão, afirma a mídia.
​Após vitórias do Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) no início de agosto, os EUA completaram oficialmente sua retirada militar do Afeganistão em 30 de agosto, permitindo a evacuação de mais de 100.000 civis do país e também de militares norte-americanos. A saída maciça foi caótica e alvo de críticas de parlamentares dos EUA. Ocorreram ainda ataques terroristas durante o processo no Aeroporto Internacional de Cabul.

Enviado dos EUA em Cabul se demite

O enviado norte-americano no Afeganistão, Zalmay Khalilzad, renunciou nesta segunda-feira (18).
A informação foi anunciada pelo secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, que acrescentou que o vice de Khalilzad, Thomas West, assumirá o cargo.
© REUTERS / Jabin BotsfordSecretário de Estado Antony Blinken durante interrogatório sobre Afeganistão ante o Comitê de Relações Exteriores do Senado, Washington, 14 de setembro de 2021
Secretário de Estado Antony Blinken durante interrogatório sobre Afeganistão ante o Comitê de Relações Exteriores do Senado, Washington, 14 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Secretário de Estado Antony Blinken durante interrogatório sobre Afeganistão ante o Comitê de Relações Exteriores do Senado, Washington, 14 de setembro de 2021
Nascido no Afeganistão, Khalilzad se tornou diplomata dos EUA e assumiu cargos importantes no governo do ex-presidente George W. Bush (2001-2009), tornando-se embaixador dos EUA em Cabul e depois em Bagdá e nas Nações Unidas.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала