Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

China surpreende EUA com teste de nova capacidade espacial com míssil hipersônico, revela mídia

© AP Photo / AnônimoFoguete Long March II-F portando o primeiro módulo para a estação espacial chinesa Tiangong-1
Foguete Long March II-F portando o primeiro módulo para a estação espacial chinesa Tiangong-1 - Sputnik Brasil, 1920, 17.10.2021
Nos siga no
De acordo com relatos, a China testou um míssil hipersônico de capacidade nuclear, que viajou ao espaço em torno do globo em uma forma orbital antes de acelerar através da atmosfera em direção ao alvo.
O teste foi confirmado por cinco responsáveis oficiais, indicando que a China possui capacidade espacial avançada que "surpreendeu o governo norte-americano", revelou o Financial Times.
O porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, John Kirby, afirmou que não comentaria os detalhes do relatório, contudo, fez uma ressalva.
"Deixamos claro nossas preocupações sobre as capacidades militares que a China continua buscando, capacidades que apenas aumentam as tensões na região e além [...] Este é um dos motivos pelos quais consideramos a China nosso principal desafio", ressaltou.
O voo de teste teria ocorrido em agosto, com o veículo planador sendo levado ao espaço por um foguete portador Longa Marcha-2C.
© REUTERS / China DailyFoguete Long March-5B Y2, transportando o principal módulo da estação espacial Tianhe, da China
Foguete Long March-5B Y2, transportando o principal módulo da estação espacial Tianhe, da China - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Foguete Long March-5B Y2, transportando o principal módulo da estação espacial Tianhe, da China
O veículo planador hipersônico testado teria errado supostamente o alvo por dezenas de quilômetros, mas demonstrou um "progresso surpreendente" da China em armas hipersônicas.
Recentemente, o secretário da Força Aérea dos EUA, Frank Kendall, alertou que a China poderia estar desenvolvendo capacidades nucleares, incluindo o potencial para "ataques globais a partir do espaço", obrigando os EUA a desenvolverem suas próprias armas para conter Pequim.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала