Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Pentágono nega que destróier americano tenha ameaçado violar fronteira da Rússia no mar do Japão

© AP Photo / Ahn Young-joonDestróier norte-americano USS Chafee
Destróier norte-americano USS Chafee - Sputnik Brasil, 1920, 16.10.2021
Nos siga no
O Pentágono rejeitou as afirmações do Ministério da Defesa da Rússia de que um destróier dos EUA estava se aproximando das águas territoriais russas na sexta-feira (15) quando um navio de guerra russo o interceptou.
O Pentágono disse que o destróier norte-americano USS Chafee conduziu operações em conformidade com o direito e as práticas internacionais, adicionando que o país continuará operando onde o direito internacional o permitir.
"A declaração do Ministério da Defesa russo sobre a interação de nossos dois navios da Marinha é falsa", afirmaram militares dos EUA em um comunicado no mesmo dia.
"Enquanto o USS Chafee (DDG 90) conduzia operações de rotina em águas internacionais no mar do Japão em 15 de outubro de 2021, um destróier russo da classe Udaloi se aproximou a cerca de 65 jardas [59 metros] do USS Chafee (DDG 90) quando o navio se preparava para operações de voo", conforme o comunicado.
O Pentágono sublinhou que a interação entre os navios foi "segura e profissional". Foi revelado que, embora a Rússia tivesse emitido um Aviso aos Aviadores e Marinheiros (NOTAM / NOTMAR, na sigla em inglês) na área para o final do dia, o aviso não estava em vigor no momento do ocorrido.
Antes no mesmo dia, o Ministério da Defesa da Rússia publicou uma declaração indicando que o destróier USS Chafee dos Estados Unidos se aproximou das águas territoriais russas e realizou uma tentativa de atravessar a fronteira nacional.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала