Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Uma retirada que dói ver

© Sputnik / Vitaly PodvitskyGame over
Game over - Sputnik Brasil, 1920, 15.10.2021
Nos siga no
Ex-secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates, disse que se sentiu mal quando observou a retirada dos militares americanos do Afeganistão.
Enquanto se dava a caótica retirada dos militares do país, Gates assistia pela televisão aos acontecimentos em Cabul.
Falando ao programa "60 Minutes" ("60 Minutos") no canal de TV CBS, o ex-secretário de Defesa disse: "Me senti mal e entendi que isso estava correlacionado com o que acontecia em Cabul".
Gates também acredita que no dramático evento teriam parcela de culpa o atual presidente dos EUA, Joe Biden, e seu predecessor Donald Trump.
Para ele, os militares tiveram tempo suficiente para planejar a retirada desde fevereiro de 2020, quando Washington chegou a um acordo com o Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) sobre a remoção de suas tropas.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала