Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Após 2 anos, fronteira Colômbia-Venezuela está aberta para comércio

Nos siga no
Na segunda-feira (4), a vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez, anunciou a "abertura comercial" da fronteira com a Colômbia, no estado de Táchira, a partir de 5 de outubro.
A vice-presidente revelou que esta medida foi ordenada pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, após um mês de negociações entre as autoridades do estado venezuelano de Táchira e do departamento de Norte de Santander, na Colômbia.
A passagem fronteiriça binacional foi fechada em 2019 por Maduro em meio à crise política e diplomática entre os dois Estados.
As mídias reportam que os trabalhos de abertura começaram ainda no domingo (3), quando os militares tiraram as cercas metálicas que impediam a passagem pela Ponte Internacional Simón Bolívar. Foram removidos também os contêineres que bloqueavam a travessia da ponte.
© AFP 2021 / SchneyderMVenezuelanos atravessam a Ponte Internacional Simón Bolívar, 4 de outubro de 2021.
Venezuelanos atravessam a Ponte Internacional Simón Bolívar, 4 de outubro de 2021. - Sputnik Brasil
1/6
Venezuelanos atravessam a Ponte Internacional Simón Bolívar, 4 de outubro de 2021.
© AFP 2021 / Edinson EstupinanVista aérea para a Ponte Internacional Simón Bolívar após os contêineres colocados como barricadas em 2019 terem sido removidos, 4 de outubro de 2021.
Vista aérea para a Ponte Internacional Simón Bolívar após os contêineres colocados como barricadas em 2019 terem sido removidos, 4 de outubro de 2021. - Sputnik Brasil
2/6
Vista aérea para a Ponte Internacional Simón Bolívar após os contêineres colocados como barricadas em 2019 terem sido removidos, 4 de outubro de 2021.
© REUTERS / Ferley OspinaRemoção de um contêiner, que bloqueava a passagem na Ponte Internacional Simón Bolívar entre Cúcuta na Colômbia e San Antonio de Táchira na Venezuela, antes da reabertura da travessia, 4 de outubro de 2021.
Remoção de um contêiner, que bloqueava a passagem na Ponte Internacional Simón Bolívar entre Cúcuta na Colômbia e San Antonio de Táchira na Venezuela, antes da reabertura da travessia, 4 de outubro de 2021. - Sputnik Brasil
3/6
Remoção de um contêiner, que bloqueava a passagem na Ponte Internacional Simón Bolívar entre Cúcuta na Colômbia e San Antonio de Táchira na Venezuela, antes da reabertura da travessia, 4 de outubro de 2021.
© AFP 2021 / SchneyderMSoldados colombianos patrulham os arredores da Ponte Internacional Simón Bolívar, 4 de outubro de 2021.
Soldados colombianos patrulham os arredores da Ponte Internacional Simón Bolívar, 4 de outubro de 2021. - Sputnik Brasil
4/6
Soldados colombianos patrulham os arredores da Ponte Internacional Simón Bolívar, 4 de outubro de 2021.
© REUTERS / Ferley OspinaOperários tapam um buraco onde havia um contêiner bloqueando a passagem na Ponte Internacional Simón Bolívar, 4 de outubro de 2021.
Operários tapam um buraco onde havia um contêiner bloqueando a passagem na Ponte Internacional Simón Bolívar, 4 de outubro de 2021. - Sputnik Brasil
5/6
Operários tapam um buraco onde havia um contêiner bloqueando a passagem na Ponte Internacional Simón Bolívar, 4 de outubro de 2021.
© REUTERS / Carlos Eduardo RamirezPessoas autorizadas por razões humanitárias chegam à Ponte Internacional Simón Bolívar após a reabertura da passagem entre Cúcuta na Colômbia e San Antonio de Táchira na Venezuela, 4 de outubro de 2021.
Pessoas autorizadas por razões humanitárias chegam à Ponte Internacional Simón Bolívar após a reabertura da passagem entre Cúcuta na Colômbia e San Antonio de Táchira na Venezuela, 4 de outubro de 2021. - Sputnik Brasil
6/6
Pessoas autorizadas por razões humanitárias chegam à Ponte Internacional Simón Bolívar após a reabertura da passagem entre Cúcuta na Colômbia e San Antonio de Táchira na Venezuela, 4 de outubro de 2021.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала