Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Mídia estatal da Coreia do Norte rotula EUA de 'mais hediondo violador dos direitos humanos'

© AP Photo / Vincent YuPessoas tiram fotos em frente à bandeira da Coreia do Norte e dos EUA, em Hanói, Vietnã, 24 de fevereiro de 2019
Pessoas tiram fotos em frente à bandeira da Coreia do Norte e dos EUA, em Hanói, Vietnã, 24 de fevereiro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 27.09.2021
Nos siga no
A declaração foi publicada nesta segunda-feira (27) em um artigo da Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA, na sigla em inglês), de autoria de um analista de assuntos internacionais.
A mídia estatal norte-coreana acusou os EUA de serem um país sedento de poder pelo domínio global e de impedirem o desenvolvimento normal e pacífico dos países soberanos.
"Os direitos humanos apregoados pelos EUA não são nada além de um truque para realizar facilmente sua ambição selvagem de dominar o mundo", observa a KCNA. "Os EUA são o mais hediondo violador dos direitos humanos do mundo, eles perturbam seriamente o desenvolvimento normal e pacífico dos Estados soberanos sob o pretexto de 'direitos humanos'", afirma a mídia.
O pesquisador norte-coreano argumentou que as "ações hipócritas dos EUA sob o pretexto dos direitos humanos" devem ser impedidas antes que os EUA consigam o domínio global.
© REUTERS / KCNASoldados norte-coreanos participam da parada em Pyongyang, Coreia do Norte, 9 de setembro de 2021
Soldados norte-coreanos participam da parada em Pyongyang, Coreia do Norte, 9 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Soldados norte-coreanos participam da parada em Pyongyang, Coreia do Norte, 9 de setembro de 2021
"Não admira que os EUA abusem das questões dos direitos humanos ao exercerem pressão política sobre os países independentes anti-imperialistas", acrescentou a KCNA, observando que as violações dos direitos humanos por parte dos EUA (tais como o "bloqueio" de Cuba que já dura décadas) "em uma tentativa de prejudicar a estabilidade política da China", resultaram em "trilhões de dólares de prejuízos" para o povo do país.
"Agora, muitos países se opõem resolutamente à farsa dos direitos humanos dos EUA, por esta refrear seu desenvolvimento", conclui o comunicado.
Na semana passada a Coreia do Norte denunciou a decisão dos EUA de entregar tecnologia de submarinos nucleares para a Austrália como um movimento "extremamente indesejável e perigoso, que poderia desencadear uma corrida armamentista nuclear".
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала