Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Cometa monstro' que vem em direção ao Sistema Solar é maior que lua de Marte, diz estudo (FOTOS)

© Foto / P. Jenniskens / Instituto SETI Radiante chuva de meteoros em dados CAMS (pontos amarelos) do cometa Thatcher em 22 de abril de 2021
Radiante chuva de meteoros em dados CAMS (pontos amarelos) do cometa Thatcher em 22 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 25.09.2021
Nos siga no
Em um recente estudo, pesquisadores do projeto internacional Dark Energy Survey, ou Pesquisa de Energia Escura, revelam novos dados sobre o cometa Bernardinelli-Bernstein.
Informa-se que este corpo celeste, oficialmente chamado de objeto C/2014 UN271, pode ter até 150 km de diâmetro, ou seja, quase sete vezes o diâmetro de Fobos, um dos satélites de Marte.
Graças a sucessivos estudos o tamanho deste objeto foi sendo precisado, até determinar que a sua massa é dez vezes superior à do cometa Hale-Bopp, que chegou a ser conhecido como o Grande Cometa de 1997.
De acordo com cálculos do astrônomo Will Grater, o C/2014 UN271 não só seria maior que o satélite de Marte, como superaria o asteroide 55 Pandora e uma rocha espacial conhecida como Arrokoth, aponta estudo publicado no portal arXiv. 
Ao ler esta manhã tweets do dr. Pedro Bernardinelli eu estava tentando entender o quão grande é o cometa Bernardinelli-Bernstein (C/2014 UN271). Aqui está um gráfico que fiz para mostrar o seu tamanho em comparação com outros objetos do Sistema Solar.
O enorme cometa, que foi descoberto em 2014 e que está se dirigindo para nosso Sistema Solar, aparentemente vem da Nuvem de Oort – uma hipotética região que envolve os confins do Sistema Solar e contém bilhões de objetos semelhantes a cometas. Embora não haja observações diretas que confirmem a sua existência, muitos fatores circunstanciais apontam para sua existência.
Incialmente, o C/2014 UN271 foi confundido com um planeta anão, mas posteriormente descobriu-se que tinha sinais de atividade, tendo sido reclassificado como cometa.
Os astrônomos calculam que em sua passagem mais próxima por nosso sistema planetário, que acontecerá em 2031, o objeto misterioso se aproximará a cerca de 10,9 UA do Sol, quando alcançar a órbita de Saturno. Uma unidade astronômica (UA) é a distância entre a Terra e o Sol.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала