Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

7 de setembro em SP: PM vai revistar todos os manifestantes no ato, incluindo policiais aposentados

© REUTERS / Ricardo MoraesPessoas participam de manifestação contra gestão da pandemia do SARS-CoV-2 pelo presidente brasileiro Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro, Brasil, 19 de junho de 2021
Pessoas participam de manifestação contra gestão da pandemia do SARS-CoV-2 pelo presidente brasileiro Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro, Brasil, 19 de junho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 01.09.2021
Nos siga no
De acordo com governo de São Paulo, todas as pessoas presentes na manifestação com mochilas, bolsas, bolsos, etc. serão revistadas. Secretário de Segurança Pública negou que haverá presença de PMs da ativa no ato.
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), informou hoje (1º) que no ato do dia 7 de setembro a polícia fará revistas em todos os manifestantes – tanto os contra quanto os a favor do governo Bolsonaro – que estiverem nas ruas da capital, incluindo policiais aposentados, segundo o UOL.
"Todos que forem às manifestações, tanto pró-Bolsonaro quanto os contra, serão revistados. A Polícia Militar recebeu a orientação para que todos, sem exceção, com mochilas, bolsas, bolsos, serão revistados. Em hipótese nenhuma será permitido qualquer tipo de armamento em poder de quem quer que seja, mesmo que sejam policiais aposentados. Se forem, serão convidados a se retirar e não participarão da manifestação", declarou o governador citado pela mídia.
Desde a semana passada, acontece a discussão sobre a ida de PMs da ativa à manifestação, presença que seria vetada de acordo com regulamento da Polícia Militar.
Segundo a mídia, em coletiva no Palácio dos Bandeirantes, o general João Campos, secretário de Segurança Pública e responsável pela corporação, negou que haverá a presença de PMs de folga e garantiu que a corporação agirá profissionalmente durante os atos.
"Eu tenho absoluta convicção de que nossos policiais ativos, sujeitos a regras e regulamentos, estarão absolutamente conscientes e estarão cumprindo seu papel com a honra que vem conduzindo suas vidas", declarou.
No ato em Brasília, estão previstos cinco mil policiais do governo do Distrito Federal para fazer a segurança do prédio do Congresso. A Polícia Legislativa também atuará na proteção do prédio, conforme noticiado.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала