Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Na Índia, quase 70 pessoas morrem em 1 semana devido a 'febre misteriosa'

© REUTERS / Adnan Abidi Em Nova Deli, na Índia, um homem aparece sentado próximo de corpos de pessoas infectadas com a COVID-19 enquanto aguarda a cremação dos mortos, em 26 de abril de 2021
Em Nova Deli, na Índia, um homem aparece sentado próximo de corpos de pessoas infectadas com a COVID-19 enquanto aguarda a cremação dos mortos, em 26 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 30.08.2021
Nos siga no
A Índia vem sendo atingida por vários tipos de fungos, entre fungos pretos, amarelos e brancos. Todos eles causam perda de ossos dos maxilares e olhos e outras complicações. A maioria dessas infecções foi, por sua vez, observada em pessoas que recentemente se recuperaram da COVID-19.

Agora, uma "febre misteriosa" chega para continuar preocupando o povo indiano, tendo já vitimado em apenas uma semana quase 70 pessoas, das quais 40 eram crianças, no estado indiano de Uttar Pradesh.

A maior parte dos falecidos tinha reportado febre alta, desidratação e um decréscimo repentino no número de plaquetas no sangue. O resto das vítimas mostrava sintomas da dengue.

Inúmeros casos estão sendo reportados de vários distritos do referido estado indiano, tendo Firozabad sido apontado como o distrito mais afetado pela febre mortal.

"A situação nos distritos é alarmante", disse Manish Asija, membro da assembleia legislativa. O político acrescentou que "o alagamento, a falta de saneamento e higiene são as razões por trás da disseminação da doença".

O jornal The Times of India informou que, de momento, 72 crianças das 135 internadas no Colégio Médico de Firozabad estão lutando pela vida, sendo que a metade delas apresentam sintomas da dengue.

Segundo as autoridades de saúde, 12 crianças morreram devido a essa febre nas últimas 24 horas.

"A causa exata está sendo estudada", disse a diretora clínica do distrito de Firozabad, dra. Neeta Kulshrestha.

Kulshrestha sublinhou ainda que todos os pacientes internados em hospitais estatais estão sendo testados à COVID-19, mas até agora nenhum dos casos da infecção viral pode ser correlacionado.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала