Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Supremo Tribunal dos EUA determina que Biden deve restabelecer programa migratório de Trump

© AP Photo / Isabel MateosCaravana de migrantes da América Central (foto de arquivo)
Caravana de migrantes da América Central (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 25.08.2021
Nos siga no
A Supremo Tribunal Federal dos EUA rejeitou o recurso apresentado pelo governo Biden para tentar impedir a ordem de restabelecer o programa de asilo da era Trump.

O Supremo Tribunal dos Estados Unidos decidiu na terça-feira (24) que o governo do presidente Joe Biden deve restabelecer o programa chamado Protocolo de Proteção ao Imigrante, através do qual milhares de centro-americanos que solicitaram asilo nos EUA foram deportados para o México.

Por maioria, o Supremo Tribunal Federal rejeitou o recurso apresentado pelo governo Biden para tentar invalidar a ordem dada ao Executivo para restabelecer o programa, conhecido como Permanecer no México.

Com esta resolução, a recente decisão do juiz distrital Matthew Kacsmaryk, que ordenou o restabelecimento desta política, continua em vigor, considerando que o governo Biden não apresentou uma justificação válida para a sua suspensão.

​NOVO: Rejeitando Biden, o Supremo Tribunal permite o restabelecimento da política da era Trump, exigindo que os requerentes de asilo na fronteira sul esperem no México até que seus casos sejam resolvidos. Discordância de três liberais do tribunal.

O juiz destacou o aumento de confrontos com policiais na fronteira sudoeste desde o encerramento do programa. Ele tinha adiado a entrada em vigor da decisão por sete dias para dar à administração Biden tempo para apresentar recurso.

O governo do ex-presidente Donald Trump implementou o programa para forçar os requerentes de asilo a esperarem no país vizinho pela aprovação de seus pedidos.

Com essa política, os Estados Unidos deportaram para o México cerca de 68.000 centro-americanos que solicitaram asilo, mas Biden anunciou em 1º de junho o fim do programa, após concluir que não servia para uma gestão "adequada" das fronteiras.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала