Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA mudam plano de evacuação em Cabul após ameaças do Daesh

© AP Photo / Shekib RahmaniCentenas de pessoas se reúnem perto de um avião de transporte C-17 da Força Aérea dos EUA em um perímetro no aeroporto internacional de Cabul, Afeganistão, 16 de agosto de 2021
Centenas de pessoas se reúnem perto de um avião de transporte C-17 da Força Aérea dos EUA em um perímetro no aeroporto internacional de Cabul, Afeganistão, 16 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 22.08.2021
Nos siga no
Pequenos grupos de norte-americanos e possivelmente outros civis receberão instruções específicas sobre o que devem fazer, segundo fontes.

Ameaças potenciais do grupo Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) contra os norte-americanos no Afeganistão estão obrigando as forças militares dos EUA a encontrar novas maneiras de transferir as pessoas para o aeroporto de Cabul, indicou um funcionário norte-americano à agência de notícias AP.

Isso representa novas complicações aos esforços caóticos para evacuar as pessoas do país após o Talibã ter assumido o controle rapidamente.

O funcionário adicionou que pequenos grupos de norte-americanos, e possivelmente outros civis, receberão instruções específicas sobre o que devem fazer, incluindo ir a pontos de encontro, onde possam ser recolhidos pelas forças militares.

As mudanças surgem no mesmo dia em que a embaixada norte-americana emite um novo alerta de segurança, pedindo para que seus cidadãos não se desloquem ao aeroporto de Cabul sem terem recebido instruções de maneira individual por parte de um representante do governo dos EUA.

Os funcionários norte-americanos se recusaram a fornecer detalhes sobre a ameaça do Daesh, porém a descreveram como considerável.

O tempo para retirada das tropas dos EUA antes do prazo de 31 de agosto fixado pelo presidente Joe Biden está se esgotando. Biden não deu indícios de estar pensando em prorrogar o prazo, apesar de ele ter emitido um novo compromisso para evacuar não apenas os americanos do Afeganistão, como também milhares de afegãos que colaboraram nos esforços bélicos desde o 11 de setembro de 2001, ação que dispararia drasticamente o número de pessoas evacuadas pelos EUA.

A tensão aumentou enquanto helicópteros recolhiam pessoas em diversas localidades longe do aeroporto de Cabul, onde ocorreram cenas caóticas de evacuações e onde os talibãs montaram postos de controle viário.

Biden foi criticado pelas cenas de caos e violência em torno do aeroporto e pelos momentos em que muitos afegãos vulneráveis temem que os talibãs, agora no poder, busquem vingança.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала