Trump: helicópteros americanos entregues ao Afeganistão cairão nas mãos da Rússia e China

© AP Photo / Rahmat GulHelicóptero militar UH-60 Black Hawk carregando conselheiros dos EUA e recrutas afegãos decola no Aeródromo de Kandahar, Afeganistão, 19 de março de 2018
Helicóptero militar UH-60 Black Hawk carregando conselheiros dos EUA e recrutas afegãos decola no Aeródromo de Kandahar, Afeganistão, 19 de março de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 18.08.2021
Nos siga noTelegram
Donald Trump expressou sua indignação pelo fato que os EUA não destruíram o equipamento militar antes de se retirarem do Afeganistão, e ele acabou nas mãos dos talibãs.

Na terça-feira (18), o ex-presidente norte-americano, Donald Trump, chamou a retirada das tropas do Afeganistão da maior vergonha em toda a história dos EUA. A China "está rindo", observando a situação atual.

Os helicópteros militares que os EUA entregaram às forças afegãs serão agora estudados pela Rússia e China, afirmou Trump em entrevista ao canal de televisão Fox News.

"Bilhões, bilhões de dólares. Os novíssimos helicópteros Black Hawk agora serão estudados pela Rússia, China e por qualquer um, porque é a melhor tecnologia no mundo", disse Trump.

O Exército do Afeganistão combatia por causa do dinheiro norte-americano e, quando o financiamento acabou, ele se rendeu, segundo o ex-presidente.

"Perguntei por que os soldados afegãos combatiam contra o Talibã. Várias pessoas me disseram uma informação muito terrível. O fato é que eles estavam entre os soldados mais bem pagos em todo o mundo. Eles faziam isso pelo salário porque, assim que paramos de pagar, assim que saímos, eles pararam de lutar", indicou Trump.

O ex-presidente norte-americano comparou as despesas anuais dos EUA na operação no Afeganistão com o orçamento militar da Rússia.

"Gastávamos US$ 42 bilhões [R$ 222 bilhões] por ano. Pensem nisso, US$ 42 bilhões. Ao que sei, a Rússia gasta US$ 50 bilhões [R$ 264 bilhões] em todo o Exército, e nós gastávamos US$ 42 bilhões", revelou. "E em troca ficamos sem nada".

Segundo Trump, a situação atual no Afeganistão afetará as relações exteriores dos EUA durantes as próximas décadas. O ex-presidente afirmou que entrar no Oriente Médio foi a pior decisão na história dos EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала