Juiz ordena que Biden reative política migratória de Trump em meio a grande detenção de migrantes

© AP Photo / Eugene GarciaUm grupo de migrantes brasileiros contorna uma lacuna na fronteira dos EUA com o México em Yuma, Arizona, buscando asilo nos Estados Unidos após cruzar o território do México, 8 de junho de 2021
Um grupo de migrantes brasileiros contorna uma lacuna na fronteira dos EUA com o México em Yuma, Arizona, buscando asilo nos Estados Unidos após cruzar o território do México, 8 de junho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 15.08.2021
Nos siga noTelegram
Um juiz federal do Texas ordenou que o governo do presidente Joe Biden restabeleça a chamada política "Permanecer no México" do ex-presidente Donald Trump, afirmando que o programa foi encerrado ilegalmente.

Na sexta-feira (13), o juiz distrital dos Estados Unidos Matthew Kacsmaryk acusou o secretário do Departamento de Segurança Interna (DHS, na sigla em inglês), Alejandro Mayorkas, de não considerar "vários dos principais benefícios" do programa "Permanecer no México" e de agir "arbitrariamente e caprichosamente" encerrando-o formalmente em junho.

A política teve como objetivo bloquear dezenas de milhares de requerentes de asilo da América Central, fazendo-os esperar no México os resultados de suas audiências de imigração nos Estados Unidos.

Kacsmaryk escreveu que Mayorkas falhou "em mostrar uma decisão fundamentada" para encerrar o programa e acrescentou que o chefe do DHS não abordou "os problemas criados por falsos pedidos de asilo", violando a Lei de Procedimento Administrativo.

O juiz também destacou o aumento de confrontos com policias na fronteira sudoeste desde o encerramento do programa. Ele atrasou a entrada em vigor da decisão em sete dias para dar à administração Biden tempo para apresentar recurso.

A decisão do juiz é divulgada após Mayorkas dizer na quinta-feira (12) que as autoridades da Proteção de Alfândega e Fronteiras dos EUA registraram um "número sem precedentes de migrantes" ao longo da fronteira do sul do país. 212.672 migrantes foram detidos em julho, um aumento de 13% quando comparado com 188.000 migrantes encontrados em junho, segundo os dados.

A administração Biden cancelou formalmente o programa em 1º de junho, após uma revisão do DHS. A Casa Branca suspendeu novas inscrições no programa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала