'Tirania oligárquica colombiana tem que acabar': Caracas rebate acusações de Bogotá

© AP Photo / Phil NijhuisO ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, fala durante entrevista coletiva
O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, fala durante entrevista coletiva - Sputnik Brasil, 1920, 13.08.2021
Nos siga noTelegram
Diplomata venezuelano rebate críticas da vice-presidente e do presidente colombianos afirmando que "o governo Duque e o de Uribe foram os responsáveis ​​pelos piores crimes contra a humanidade na história".

Na quinta-feira (12), o chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, em post em rede social, disse que "a tirania oligárquica colombiana tem que acabar agora", referindo-se ao governo do presidente da Colômbia, Iván Duque.

​De acordo. A tirania oligárquica colombiana, principal violadora dos direitos humanos na América Latina, cuja espinha dorsal é a indústria do narcotráfico e dos mercenários, tem que acabar agora.

A declaração de Arreaza acontece em resposta à vice-presidente colombiana, Marta Lucía Ramírez, que também na quinta-feira (12) atacou o governo venezuelano se baseando nas opiniões da ex-procuradora do Tribunal Penal Internacional (TPI), Fatou Bensouda, que disse que a Venezuela se recusou a investigar supostos crimes contra a humanidade.

​Ramírez observou as opiniões de Bensouda como se fossem um "relatório da Procuradoria do TPI", e publicou em seu Twitter que a região "deve se tornar totalmente democrática" e "acabar com as ditaduras que repelem os direitos humanos e o desenvolvimento das nações".

Nossa região deve conseguir ser totalmente democrática para o bem de nossos cidadãos e, assim, acabar com as ditaduras que repelem os direitos humanos e o desenvolvimento das nações.

​Diante disso, Arreaza respondeu concordando que era justamente "a tirania oligárquica colombiana" que deveria cair.

O chanceler também reagiu a uma mensagem postada por Iván Duque, que, como a vice-presidente, considerou os comentários de Bensouda uma conclusão oficial do TPI. Arreaza advertiu que o presidente estava "muito mal informado" e que "deveria estar atualizado" nas questões judiciais.

Este personagem não é mais uma face de tabuleiro, mas uma face de rocha. Seu governo e o de Uribe foram os responsáveis ​​pelos piores crimes contra a humanidade na história da Colômbia e de toda a América Latina. Além disso, ele está muito mal informado sobre as questões do TPI. Deve ser atualizado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала