Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 13 de agosto

© Folhapress / Jorge Hely/FramePhotoQueda de passarela no metrô na Zona Norte do Rio, 13 de agosto de 2021
Queda de passarela no metrô na Zona Norte do Rio, 13 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 13.08.2021
Nos siga no
Bom dia! A Sputnik Brasil está acompanhando as matérias mais relevantes desta sexta-feira (13), marcada pelo acidente no MetrôRio, pelo envio de tropas dos EUA e do Reino Unido ao Afeganistão para evacuação de seus cidadãos e pelo início de negociações entre o governo e a oposição da Venezuela.

Acidente no MetrôRio: caminhão de gás colide com passarela e derruba-a sobre os trilhos

Na noite desta quinta-feira (12), por volta das 23h00, um caminhão de gás colidiu contra uma passarela provisória, derrubando-a sobre a Linha 2 do metrô na Zona Norte do Rio. Após a queda da passarela sobre os trilhos, um vagão com passageiros chegou a atingir a estrutura, na Avenida Pastor Martin Luther King Jr, na altura do Hospital de Acari. No acidente esteve envolvido também um carro. Os bombeiros que chegaram ao local do acidente informaram sobre uma vítima sem gravidade, que recusou atendimento médico. Todos os passageiros foram retirados do vagão em segurança. Ninguém sofreu ferimentos graves, segundo informação do Corpo de Bombeiros. Os motoristas do caminhão e do carro ficaram com ferimentos leves. A colisão ocorreu entre as estações Coelho Neto e Acari. O MetrôRio notificou a suspensão de trens na Linha 2, no trecho entre as estações Colégio e Pavuna. Ainda não se sabe se a circulação será afetada hoje (13).

© Folhapress / Jorge Hely/FramePhotoLocal da queda de passarela provisório em Acari, 13 de agosto de 2021
Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 13 de agosto - Sputnik Brasil, 1920, 13.08.2021
Local da queda de passarela provisório em Acari, 13 de agosto de 2021

Planalto torna não obrigatório uso de máscara em cerimônia com Bolsonaro

Nesta quinta-feira (12), o Palácio do Planalto declarou oficialmente não obrigatório o uso da máscara como medida de proteção contra a COVID-19 durante a cerimônia de cumprimento a oficiais-generais promovidos, com a presença do presidente Jair Bolsonaro. O locutor do cerimonial anunciou: "informamos que o uso da máscara nesta cerimônia [...] é opcional". Conforme escreve o jornal Folha de São Paulo, o anúncio provocou estranhamento, já que o próprio presidente dispensa o item de proteção facial em várias ocasiões e, em muitos eventos com sua participação, a máscara é tratada como facultativa. Na cerimônia de ontem (13), Bolsonaro também não utilizou o item, bem como a maioria dos ministros e participantes. O chefe do Executivo questiona a eficácia das máscaras, e em junho pediu ao Ministério da Saúde um estudo para desobrigar o uso do equipamento pelas pessoas já vacinadas. Em resposta, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga afirmou que o Brasil precisava avançar na campanha de imunização antes de adotar a medida. O próprio presidente ainda não se vacinou contra o novo coronavírus. Entretanto, o Brasil confirmou mais 975 mortes e 35.571 casos de COVID-19, totalizando 566.988 óbitos e 20.284.747 diagnósticos da doença, informou o consórcio entre secretarias estaduais de saúde e veículos de imprensa.

© REUTERS / Adriano MachadoPresidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de cumprimento a oficiais-generais promovidos no Palácio do Planalto, 12 de agosto de 2021
Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 13 de agosto - Sputnik Brasil, 1920, 13.08.2021
Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de cumprimento a oficiais-generais promovidos no Palácio do Planalto, 12 de agosto de 2021

Ante avanços do Talibã, EUA e Reino Unido enviam tropas ao Afeganistão para evacuar seus cidadãos

Na tarde desta quinta-feira (12), o movimento Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) estabeleceu controle sobre Kandahar, a segunda maior cidade do Afeganistão, conforme relatou a AP, citando autoridades regionais. Logo depois, o porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid, confirmou a "conquista" da cidade no Twitter. Já hoje (13), as mídias relataram que os talibãs assumiram o controle sobre a cidade de Lashkar Gah, capital da província de Helmand, no sul do Afeganistão. Ante os avanços dos talibãs e a captura de importantes cidades regionais, deixando Cabul cada vez mais isolada e exposta, as autoridades da região conseguiram um acordo com os islamistas sobre o cessar-fogo de 48 horas a fim de evacuar os restantes militares da cidade de Kandahar, segundo a AFP. Na quinta-feira (12), os EUA e o Reino Unido ordenaram o envio de milhares de soldados de volta ao Afeganistão para evacuar seus nacionais. Além disso, Washington e Londres anunciaram planos para retirar rapidamente sua equipe da embaixada e outros cidadãos da capital afegã. "Estamos reduzindo ainda mais nossa presença civil em Cabul em meio à evolução da situação de segurança", disse o porta-voz do Departamento do Estado americano, Ned Price, adicionando que a embaixada fica aberta. O Pentágono anunciou que 3.000 tropas americanas vão ser enviadas a Cabul nas próximas 24 a 48 horas, sublinhando que elas não serão usadas para lançar ataques contra o Talibã. O ministro da Defesa britânico Ben Wallace informou que Londres envia 600 soldados para evacuação de seus nacionais. A ofensiva do Talibã foi lançada no início de maio depois de os Estados Unidos e seus aliados terem retirado a maioria de suas tropas do solo afegão.

© AFP 2021Militantes do Talibã no carro na autoestrada em Herat, terceira maior cidade afegã, 13 de agosto de 2021
Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 13 de agosto - Sputnik Brasil, 1920, 13.08.2021
Militantes do Talibã no carro na autoestrada em Herat, terceira maior cidade afegã, 13 de agosto de 2021

Negociações entre governo e oposição da Venezuela começam no México

O processo de diálogo entre o governo e a oposição venezuelana começa nesta sexta-feira (13) na cidade do México, confirmou a Secretaria das Relações Exteriores mexicana. "A data é sexta-feira, 13 de agosto, às 16h30 [18h30, horário de Brasília]", informou a chancelaria do México em um convite enviado às mídias. O presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Jorge Rodríguez, vai liderar a bancada oficialista que irá às negociações com a oposição, liderada por Juan Guaidó. Nicolás Ernesto Maduro Guerra, filho do presidente Nicolás Maduro, também fará parte da comissão de diálogo. Na quarta-feira (11), os governos do México e da Noruega anteciparam que a fase exploratória das conversações entre a delegação de Maduro e a oposição estava concluída e dava lugar às negociações. A partir de 12 de maio, a oposição dirigida por Guaidó começou a falar sobre o diálogo, a desde então, tanto ele como Maduro têm feito discursos sobre suas exigências nas negociações. A primeira coisa que o sector oficial exige é levantar as sanções contra o país, enquanto a ala mais radical da oposição diz que, para isso, é necessário convocar eleições presidenciais. Esta é a segunda ocasião em que o governo venezuelano participa de um processo de diálogo com a liderança de Guaidó, sob a mediação da Noruega e da União Europeia.

© AP Photo / Ariana CubillosLíder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, fala em frente de grupo de cidadãos que pedem a libertação do opositor Freddy Guevara, Caracas, Venezuela, 12 de agosto de 2021
Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 13 de agosto - Sputnik Brasil, 1920, 13.08.2021
Líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, fala em frente de grupo de cidadãos que pedem a libertação do opositor Freddy Guevara, Caracas, Venezuela, 12 de agosto de 2021

Ônibus explode no sudoeste da Rússia

Nesta sexta-feira (13), o Ministério da Saúde da Rússia informou que 19 pessoas ficaram feridas e duas morreram na explosão de ônibus na cidade de Voronezh, no sudoeste do país. Três dos feridos estão em condição grave, enquanto a condição de outros oito é avaliada como moderadamente grave, acrescentou o ministério. O ônibus explodiu perto do centro comercial Galereya Chizhova em Voronezh na tarde de quinta-feira (12). Equipes de resgate e agências de segurança continuam trabalhando na cena do incidente. A Comissão Nacional Antiterrorismo da Rússia está apurando diferentes versões da explosão. Foi iniciado um processo criminal por prestação de serviços sem respeitar os requisitos de segurança. Todo o transporte público na cidade foi investigado após a explosão. Não foram identificadas ameaças, informou o prefeito da cidade, Vadim Kstenin.

Reino Unido: 6 pessoas, incluindo o atirador, mortas em incidente armado em Plymouth

O incidente armado na cidade de Plymouth, no Reino Unido, resultou em seis mortos incluindo o atacante, informou na quinta-feira (12) a polícia regional. "Seis mortes, incluindo o suspeito. A polícia foi chamada para um grave incidente com armas de fogo em Biddick Drive, na área de Keyham de Plymouth por volta das 18h10 [14h10, horário de Brasília] de hoje [quinta-feira, 12 de agosto]", conforme o comunicado da polícia. "Após a chegada [dos policiais] ao local, duas mulheres e dois homens faleceram no local. Acredita-se que todos morreram de ferimentos de bala. Outra mulher, tratada no local por ferimentos de bala, morreu pouco tempo depois no hospital", adicionou a polícia. As causas exatas do incidente permanecem desconhecidas, mas a polícia salienta que este não foi um ato de terrorismo. O jornal Times cita várias testemunhas, que disseram que o suspeito teria entrado em uma das casas, atirado em uma menina de cinco anos e sua mãe. Após disso, ele fugiu do local do crime e, durante a fuga, atirou em duas residentes que passeavam cães. Conforme nota o tabloide Daily Mail, esse incidente de homicídio em massa é o primeiro no Reino Unido em mais de dez anos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала