- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Após depoimento agitado resultando em fim da sessão, Barros diz que CPI é 'circo que precisa acabar'

© Foto / Agência Senado / Jefferson RudyDeputado Ricardo Barros durante conferência de imprensa após depoimento na CPI da Covid, 12 de agosto de 2021
Deputado Ricardo Barros durante conferência de imprensa após depoimento na CPI da Covid, 12 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 13.08.2021
Nos siga noTelegram
O líder do governo na Câmara diz que vai à CPI "quantas vezes forem necessárias", já que a comissão "não tem absolutamente nada contra" ele. Cúpula da CPI avalia se deputado passará de convidado a convocado na comissão.

Após passagem polêmica pela CPI da Covid ontem (12) resultando em bate-boca e posterior suspensão do depoimento, o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), disse hoje (13) que a CPI no Senado "é um circo" que tenta desgastar o presidente Jair Bolsonaro e o governo, segundo o UOL.

"Vou quantas vezes quiserem, não tem problema, mas vou lá, vou sentar, e vou dar minha opinião para a CPI. O senador Omar Aziz disse que eu só posso dar minha opinião da porta pra fora, acho que ele não sabe o que são as prerrogativas de um parlamentar, tenho direito de dar minha opinião e eu estar lá como convidado, convocado, tanto faz, não perco meu direito da minha imunidade parlamentar. E vou falar o que eu penso: essa CPI é um circo, e como circo, precisa acabar", disse Barros na manhã de hoje citado pela mídia.

O líder do governo também afirmou que a comissão "não tem absolutamente nada" contra ele.

"Eles não têm nada até agora, ficaram aí 40 audiências e não conseguiram uma coisa consistente. Querem continuar com essa narrativa, eu não vou permitir, eu sou líder do governo, vou lá e defendo o governo", acrescentou.

Para a cúpula da CPI, Barros mentiu ao longo do depoimento. Senadores independentes e da oposição se irritaram quando o deputado acusou a comissão de afastar do Brasil empresas que vendem vacinas contra a COVID-19 e começou, então, as divergências e bate-boca que levou a suspensão da sessão.

© Foto / Agência Senado / Pedro FrançaRicardo Barros durante depoimento na CPI da Covic, 12 de agosto de 2021
Após depoimento agitado resultando em fim da sessão, Barros diz que CPI é 'circo que precisa acabar' - Sputnik Brasil, 1920, 13.08.2021
Ricardo Barros durante depoimento na CPI da Covic, 12 de agosto de 2021

O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), disse ainda que reavaliaria a condição de Barros como convidado da CPI. Isso significa que a Comissão Parlamentar de Inquérito pode transformá-lo em convocado, situação em que o depoente é submetido a regras mais rigorosas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала