- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro ironiza indiciamento da CPI e diz que Barros 'vai se sair bem' ao depor na comissão

© REUTERS / ADRIANO MACHADOPresidente do Brasil, Jair Bolsonaro, fala durante cerimônia de assinatura de medida provisória sobre o mercado de combustíveis no Palácio do Planalto, em Brasília, 11 de agosto de 2021
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, fala durante cerimônia de assinatura de medida provisória sobre o mercado de combustíveis no Palácio do Planalto, em Brasília, 11 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 12.08.2021
Nos siga noTelegram
Ontem (11), a cúpula da CPI da Covid decidiu que vai propor o indiciamento do presidente pelos crimes de charlatanismo, curandeirismo e propaganda enganosa. Segundo Bolsonaro, "fazem isso porque não tem como me acusar".

Nesta quarta-feira (12), em entrevista para rádio Jovem Pan Maringá (PR), o presidente, Jair Bolsonaro, fez comentários acerca do seu possível indiciamento por charlatanismo e curandeirismo pedido pela CPI da Covid junto ao Ministério Público Federal (MPF).

O presidente ironizou a ação da Comissão Parlamentar de Inquérito.

"Como não tem como me acusar, vão me denunciar por charlatanismo e curandeirismo", disse Bolsonaro dando risada.

O chefe do Executivo também fez declarações sobre o depoimento do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), na CPI hoje (12), sobre irregularidades na compra da vacina Covaxin.

"Estou ansioso pela ida dele à CPI, ele vai lá explicar o que aconteceu. Tenho convicção pelo que conheço do Barros. Neste caso específico da vacina, acho que vai se sair bem", disse.

O nome de Ricardo Barros veio para os holofotes após ser citado no depoimento dos irmãos Miranda à CPI como sendo a pessoa que teria ajudado na articulação para compra, supostamente irregular, do imunizante indiano.

© Foto / Agência Câmara / Michel JesusDeputado Ricardo Barros (PP-PR) depõe hoje na CPI da Covid
Bolsonaro ironiza indiciamento da CPI e diz que Barros 'vai se sair bem' ao depor na comissão - Sputnik Brasil, 1920, 12.08.2021
Deputado Ricardo Barros (PP-PR) depõe hoje na CPI da Covid

De acordo com o deputado Luis Miranda (DEM-DF), Barros seria o nome citado por Bolsonaro quando o mesmo foi alertado pessoalmente sobre trâmites estranhos na negociação. O presidente, segundo Miranda, teria dito "isso é coisa de um fulano", fazendo referência ao líder do governo na Câmara.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала