Cientistas criam mapa de temperatura do asteroide valiosíssimo Psyche 16

CC BY 2.0 / Flickr.com / tonynetone / Asteroide Psyche 16 (imagem referencial)
Asteroide Psyche 16 (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 11.08.2021
Nos siga noTelegram
Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia avaliaram as características do Psyche 16, um asteroide com valor monetário estimado em US$ 10 quatrilhões (R$ 57,05 quatrilhões).

O misterioso asteroide conhecido como Psyche 16 é feito de tanto metal precioso que se estima que poderia tornar bilionário cada habitante da Terra, segundo um comunicado de cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech, em inglês), EUA, publicado na quinta-feira (5).

Os pesquisadores criaram um mapa de temperatura usando dados de 66 telescópios, o que permitiu estimar o valor dos metais do corpo celeste, de 226 quilômetros de diâmetro, previamente calculado em US$ 10 quatrilhões (R$ 57,05 quatrilhões), um valor várias dezenas de vezes maior do que o de toda a economia da Terra.

Um dos maiores mistérios que envolvem o Psyche 16 é a sua origem. Alguns cientistas acreditam que o asteroide, localizado a 370 milhões de quilômetros da Terra, é parte de um protoplaneta formado durante os primeiros tempos do Sistema Solar. Na época, os corpos planetários se fundiram e depois colidiram uns com os outros.

"Cremos que fragmentos dos núcleos, mantos e crostas destes objetos permanecem hoje na forma de asteroides. Se isso for verdade, isso nos dá nossa única oportunidade real de estudar diretamente os núcleos de objetos semelhantes aos de planetas", disse Katherine de Kleer, professora de Ciências Planetárias e Astronomia no Caltech, e autora principal do estudo, publicado na revista The Planetary Science Journal.

O mapa de temperaturas criado pelos cientistas poderia ajudar a estudar a inércia térmica, ou seja, quão rápido o asteroide aquece e esfria na superfície. Os pesquisadores já descobriram que a superfície do asteroide é composta por pelo menos 30% de metal, e que as rochas da superfície estão cobertas de grãos de metal.

Esta e outras informações serão importantes quando a NASA, juntamente com o bilionário Elon Musk da empresa SpaceX, lançarem sua missão de exploração do Psyche 16 em 2022. A sonda, equipada com um gerador de imagens multiespectral, um espectrômetro de raios gama e de nêutrons, um magnetômetro e um instrumento de rádio, deve chegar ao corpo celeste em 2026.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала