FOTOS de sepultura na Espanha revelariam restos humanos e ferramentas de 3.000 anos

CC BY 2.0 / Flickr.com / Alper Çuğun / Escavação arqueológica (imagem referencial)
Escavação arqueológica (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 10.08.2021
Nos siga noTelegram
Cientistas desenterraram na Espanha crânios e ferramentas de guerra e ornamentais, que diriam respeito a um lugar funerário milenar no sul do país europeu.

Pesquisadores encontraram na Espanha crânios e mandíbulas humanas com mais de 3.000 anos, escreveu na quinta-feira (5) o jornal 20 minutos.

© Foto / Centro PaleoMaginaVárias caveiras e mandíbulas humanas encontradas durante escavações de 2021 na Cuave del Río Cuadros em Bedmar, Andaluzia, Espanha
FOTOS de sepultura na Espanha revelariam restos humanos e ferramentas de 3.000 anos - Sputnik Brasil, 1920, 10.08.2021
Várias caveiras e mandíbulas humanas encontradas durante escavações de 2021 na Cuave del Río Cuadros em Bedmar, Andaluzia, Espanha

Os arqueólogos encontraram na Cueva del Río Cuadros de Bedmar, Andaluzia, várias ferramentas de caça de pedra, incluindo um pequeno machado, várias lâminas líticas e uma ponta de flecha, um moinho manual e outras ferramentas ornamentais, além de várias conchas de mexilhão de rio e as contas de um colar, em um espaço de 500 metros.

Segundo Marco Antonio Bernal, diretor do Centro Municipal Paleomágina de Pesquisa Pré-histórica em Bedmar, e diretor do projeto de escavação, estas descobertas confirmam que se trata de um local funerário de importância histórica, no qual os restos humanos descobertos pertenciam a crianças e a uma mulher.

© Foto / Centro PaleoMaginaVárias caveiras e mandíbulas humanas encontradas durante escavações de 2021 na Cuave del Río Cuadros em Bedmar, Andaluzia, Espanha
FOTOS de sepultura na Espanha revelariam restos humanos e ferramentas de 3.000 anos - Sputnik Brasil, 1920, 10.08.2021
Várias caveiras e mandíbulas humanas encontradas durante escavações de 2021 na Cuave del Río Cuadros em Bedmar, Andaluzia, Espanha

Assim, os restos encontrados serão agora submetidos a estudos mais detalhados. Ao mesmo tempo, Bernal relatou ter cumprido sua "expectativa inicial de continuar aprofundando a escavação da caverna descoberta há dois anos na nascente do rio Cuadros de Bedmar, e de estudar seus usos doméstico e enterrado".

A caverna foi descoberta em 2019, organizando-se desde então campanhas de escavação todos os anos, que incluem pesquisadores, estudantes e voluntários de toda a Espanha.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала