EUA realocam 40 terroristas das prisões para sua base no nordeste da Síria, diz mídia

© AP Photo / Hussein MallaSoldado norte-americano, à esquerda, sentado em veículo blindado perto da tensa linha de frente entre o Conselho Militar de Manbij, apoiado pelos EUA, e os combatentes apoiados pelos turcos, em Manbij, norte da Síria, 4 de abril de 2018
Soldado norte-americano, à esquerda, sentado em veículo blindado perto da tensa linha de frente entre o Conselho Militar de Manbij, apoiado pelos EUA, e os combatentes apoiados pelos turcos, em Manbij, norte da Síria, 4 de abril de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 07.08.2021
Nos siga noTelegram
Militares dos EUA transportaram 40 terroristas do Daesh de várias prisões para a sua base na província de Al-Hasakah, no nordeste da Síria, informa mídia do país.

De acordo com a agência de notícias SANA, os terroristas foram realocados de prisões das Forças Democráticas Sírias (FDS, na sigla em inglês), compostas majoritariamente por milícias curdas, para a base dos EUA situada na cidade de Al-Shaddadi.

Fontes relataram à SANA que, entre os terroristas transferidos, há um comandante espião do Daesh (organização terrorista, proibida na Rússia e em vários outros países) e um especialista em engenhos explosivos. Os EUA vão alegadamente usar os militantes para os seus próprios fins na região.

Têm sido frequentes os relatos de que as forças americanas realocam militantes para a sua base de Al-Tanf, não autorizada pelo governo sírio, na província síria de Homs. No início deste ano a mesma agência informou que a base, localizada junto à fronteira sírio-jordaniana, serve como "baluarte para os terroristas na região", sendo aí que eles recebem armamentos.

© AP Photo / Site militarTerroristas do Daesh no nordeste da Síria (foto de arquivo)
EUA realocam 40 terroristas das prisões para sua base no nordeste da Síria, diz mídia - Sputnik Brasil, 1920, 07.08.2021
Terroristas do Daesh no nordeste da Síria (foto de arquivo)
Estes relatos ocorrem em meio a notícias anteriores da mídia de que forças dos EUA são frequentemente avistadas transportando armamentos e equipamento logístico do Iraque para a Síria, além de contrabandear petróleo e trigo, enquanto os grupos armados continuam controlando partes do Nordeste da Síria, rico em petróleo e gás natural.

Vale ressaltar que as autoridades sírias declararam em várias ocasiões que a presença das forças estadunidenses nestas províncias viola a soberania do país, bem como o direito internacional, uma vez que Washington nunca foi autorizado a intervir e a estabelecer bases na Síria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала