- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Governador do Piauí diz que não será possível cumprir meta de vacinação sem Sputnik V

© REUTERS / Dado RuvicImagem ilustrativa de frascos da vacina russa Sputnik V
Imagem ilustrativa de frascos da vacina russa Sputnik V - Sputnik Brasil, 1920, 06.08.2021
Nos siga noTelegram
Wellington Dias, governador do estado do Piauí, no nordeste do Brasil, e presidente do Consórcio Nordeste, afirmou que a suspensão da compra da vacina russa Sputnik V afetará o calendário de imunização das pessoas acima dos 18 anos em todos os estados da região.

Os governadores esperavam a chegada de 47 milhões de doses do medicamento russo para vacinar 60% da população adulta com a primeira dose até o mês de outubro. No entanto, com a suspensão da compra anunciada na quinta-feira (5), Dias afirmou que a porcentagem máxima de cidadãos imunizados deverá agora ser de 50%. Já os índices de pessoas vacinadas com a segunda dose ou com uma dose única continuarão baixos, de acordo com o governador.

"Estudávamos diminuir o intervalo das doses e não foi possível porque falta vacina. Com a variante Delta no exterior, a Jansen passou a entregar quantidades menores. Estamos em contato com a Pfizer para que eles também não atrasem. A Fiocruz tinha a previsão de concluir a análise de qualidade da produção do IFA em território nacional em julho, mas já estamos em agosto e os trâmites ainda não foram concluídos", afirmou Dias, citado pelo jornal Metrópoles.

 

© REUTERS / Amanda PerobelliFuncionária trabalha no laboratório de controle de qualidade onde a vacina Sputnik V será analisada pela empresa farmacêutica brasileira União Química, em Guarulhos, no Brasil, em 20 de maio de 2021
Governador do Piauí diz que não será possível cumprir meta de vacinação sem Sputnik V - Sputnik Brasil, 1920, 06.08.2021
Funcionária trabalha no laboratório de controle de qualidade onde a vacina Sputnik V será analisada pela empresa farmacêutica brasileira União Química, em Guarulhos, no Brasil, em 20 de maio de 2021

O Consórcio Nordeste tinha viabilizado a compra de 37 milhões de doses da Sputnik V, enquanto o Ministério da Saúde firmava contrato para trazer mais outros dez milhões de doses do medicamento.

Uma cerimônia para receber as vacinas no Recife estava agendada para esta sexta-feira (6). Contudo, acabou por ser cancelada após o Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, desenvolvedor da vacina russa, não cumprir as condições impostas pela Anvisa. Para Dias, a agência sanitária age com excesso de burocracia em relação ao fármaco, informa a mídia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала