Militantes bombardeiam forças governamentais na Síria com drone, deixando 5 feridos, diz Rússia

© AP Photo / Handout / Christian Solidarity InternationalUma rua em Aleppo, Síria, foto divulgada em 21 de janeiro de 2021
Uma rua em Aleppo, Síria, foto divulgada em 21 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 04.08.2021
Nos siga noTelegram
Cinco pessoas ficaram feridas após militantes, que operavam no território sírio controlado pela Turquia, lançarem bomba a partir de um drone, informou um militar da Rússia.

Militantes do território controlado pela Turquia na Síria atacaram as forças governamentais do país na província de Aleppo, com uma bomba lançada de um drone, disse na quarta-feira (4) Vadim Kulit, almirante e vice-diretor do Centro Russo de Reconciliação para a Síria.

"Um dispositivo explosivo improvisado foi atirado de um veículo aéreo não-tripulado, lançado por militantes sobre as posições das Forças Armadas do Exército Sírio perto do assentamento Urum al-Sugra na província de Aleppo, deixando cinco militares sírios feridos", disse Kulit em briefing.

Na sexta-feira (30) o Exército Sírio iniciou uma investida antiterrorista contra a cidade de Daraa, no sul do país, com o objetivo de alcançar as condições necessárias para começar negociações de paz, informou uma fonte na época.

Na última quinta-feira (28), um drone foi lançado por militantes a partir do assentamento Kafer-Kattar, província de Idlib, que foi destruído por um míssil antiaéreo e pelo sistema de armas de defesa antiaérea autopropulsado Pantsir-S, fabricado na Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала