EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

© AP Photo / Ariel Schalit Efetivos da Marinha de Israel durante treinamentos, foto de arquivo
Efetivos da Marinha de Israel durante treinamentos, foto de arquivo - Sputnik Brasil, 1920, 02.08.2021
Nos siga noTelegram
Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense.

Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington e Londres para retaliar o Irã após o incidente no mar Arábico, atribuído pelos três países à República Islâmica, revelou no domingo (1º) o portal israelense Kan.

De acordo com a mídia, as autoridades israelenses estão discutindo como e quando responder, tendo entre possíveis alvos um porto iraniano ou um navio militar.

Israel também planeja compartilhar informações de inteligência adicionais com outros países da região para "condenar" o Irã.

O portal assinala entretanto que Tel Aviv acredita que as mortes de dois tripulantes do navio no ataque não foram intencionais.

© REUTERS / JOHAN VICTORMercer Street, petroleiro de bandeira liberiana administrado pela israelense Zodiac Maritime que foi atacado na costa de Omã. Foto de arquivo
EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro - Sputnik Brasil, 1920, 02.08.2021
Mercer Street, petroleiro de bandeira liberiana administrado pela israelense Zodiac Maritime que foi atacado na costa de Omã. Foto de arquivo

O governo israelense disse anteriormente que possuía evidências do envolvimento iraniano no ataque. Tel Aviv recebeu apoio dos EUA e Reino Unido, com o secretário de Estado dos EUA Antony Blinken prometendo uma "resposta apropriada". Segundo ele, o Irã supostamente usou um "VANT explosivo descartável" para atacar o navio.

Teerã rejeitou as alegações de seu suposto envolvimento, condenando as acusações. O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Saeed Khatibzadeh, afirmou neste domingo (1º) que Israel está criando um ambiente de insegurança, terror e violência.

Duas pessoas morreram no incidente. Segundo informações, teriam sido o capitão, um cidadão romeno, e um segurança britânico.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала