Chanceler do Irã lançará livro que provaria não cumprimento de acordo nuclear por membros ocidentais

© AP Photo / Vahid SalemiMinistro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, durante conferência em Teerã, Irã, 23 de fevereiro de 2021
Ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, durante conferência em Teerã, Irã, 23 de fevereiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 01.08.2021
Nos siga noTelegram
Em 20 de julho de 2021, Mohammad Javad Zarif, ministro das Relações Exteriores do Irã, escreveu sua última longa carta ao secretário-geral da ONU, António Guterres, que foi divulgada pela primeira vez pelo Ministério das Relações Exteriores iraniano nesta sexta-feira (30).

A carta foi publicada em persa e inglês com uma introdução pelo próprio Zarif, junto com outros documentos coletados no decorrer de seis anos, supostamente expondo o não cumprimento do Plano de Ação Global Conjunta (JCPOA, na sigla em inglês) pelos seus membros ocidentais, reporta o Tehran Times.

A coleção de cartas escritas pelo chanceler iraniano foi preparada pelo Instituto de Estudos Políticos e Internacionais, cuja versão digital já está acessível ao público. A versão impressa também estará disponível na próxima semana, segundo o orgão.

© REUTERS / Leonhard Foeger Alta Representante da UE para Política Externa e Segurança Federica Mogherini e Ministro das Relações Exteriores Mohammad Javad Zarif depois de assinar o acordo em Viena
Chanceler do Irã lançará livro que provaria não cumprimento de acordo nuclear por membros ocidentais - Sputnik Brasil, 1920, 01.08.2021
Alta Representante da UE para Política Externa e Segurança Federica Mogherini e Ministro das Relações Exteriores Mohammad Javad Zarif depois de assinar o acordo em Viena
Durante uma entrevista neste domingo (1º), Mohammad Zarif declarou que "em uma carta que escrevi ao secretário-geral das Nações Unidas, há duas semanas, registramos a história desse não cumprimento desde setembro de 2016. Esses crimes se tornaram um livro que será publicado em breve. Isso mostra que tentamos nosso melhor, mas fatores externos ao governo [iraniano] e externos ao país nos impediram de alcançar o resultado que desejávamos", citado pela mídia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала