Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

'Tem meu voto': FHC declara apoio a João Doria nas eleições presidenciais de 2022 (VÍDEO)

© Folhapress / Bruno SantosO governador de São Paulo, João Doria, recebe o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para ato em defesa da vida e da importância da vacina contra o novo coronavírus no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. Foto de arquivo
O governador de São Paulo, João Doria, recebe o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para ato em defesa da vida e da importância da vacina contra o novo coronavírus no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. Foto de arquivo - Sputnik Brasil, 1920, 31.07.2021
Nos siga no
A declaração foi feita nos bastidores da reinauguração do Museu da Língua Portuguesa. Em novembro, João Doria vai disputar a prévia que escolherá o candidato do PSDB à Presidência da República.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) declarou neste sábado (30) que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), é candidato à Presidência da República e "tem o meu voto".

"Eu vou falar primeiro uma coisa: ele [Doria] é candidato à Presidência e tem o meu voto", diz Fernando Henrique. A declaração foi feita nos bastidores da reinauguração do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. No vídeo, FHC está ao lado de Doria, do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, do presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, e do ex-presidente Michel Temer (MDB).

​Em novembro, Doria vai disputar a prévia que escolherá o candidato do PSDB à Presidência da República. Também devem participar da prévia o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o senador cearense Tasso Jereissati e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio.

Reinauguração do museu

Um dos primeiros museus totalmente dedicados a um idioma, o Museu da Língua Portuguesa foi oficialmente reinaugurado neste sábado (31), seis anos após um incêndio que destruiu parte do prédio.

Estiveram presentes representantes de países que falam a língua portuguesa como o ministro da Cultura de Angola, e os presidentes de Cabo Verde e Portugal.

Marcelo Rebelo de Sousa, Jorge Carlos Fonseca e os ex-presidentes Michel Temer e Fernando Henrique Cardoso discursaram no evento. O governo federal não mandou representante.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала