Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Covaxin: PF envia pedido ao STF para definir se Luis Miranda será investigado junto a Bolsonaro

© Foto / Agência Senado / Edilson RodriguesDeputado Luis Miranda em entrevista coletiva no Senado, 1º de julho de 2021
Deputado Luis Miranda em entrevista coletiva no Senado, 1º de julho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 20.07.2021
Nos siga no
PF quer apurar se denúncia feita pelo deputado, de que teria alertado Bolsonaro sobre irregularidades na compra do imunizante indiano, é verdadeira. Caso não seja, ficará caracterizada denúncia caluniosa e Miranda será investigado junto ao presidente.

Nesta terça-feira (20), a Polícia Federal enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o pedido do ministro da Justiça, Anderson Torres, para que o deputado Luis Claudio Miranda (DEM-DF) seja investigado por suposta denunciação caluniosa contra o presidente Jair Bolsonaro, segundo o G1.

O caso foi enviado para a ministra Rosa Weber, que é relatora do inquérito que apura a conduta do presidente. A ministra deve encaminhar o pedido contra Miranda para a análise da Procuradoria-Geral da República (PGR), segundo a mídia.

Após as declarações do deputado e de seu irmão, o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda, dizendo que alertaram pessoalmente o presidente em março sobre irregularidades na compra da vacina Covaxin, Bolsonaro passou a ser investigado no Supremo.

A PF, agora, quer que o STF esclareça se há conexão entre os fatos apontados na denúncia do deputado e os fatos apurados no inquérito de Bolsonaro. Se o tribunal entender que há uma ligação, Jair Bolsonaro e Luis Miranda passariam a ser investigados no mesmo processo.

© AP Photo / Eraldo PeresLuis Ricardo Fernandes Miranda, servidor do Ministério da Saúde, saiu, e seu irmão, o deputado Luis Miranda, participam de audiência da CPI da Covid no Senado Federal, em Brasília, Brasil, sexta-feira, 25 de junho de 2021
Covaxin: PF envia pedido ao STF para definir se Luis Miranda será investigado junto a Bolsonaro  - Sputnik Brasil, 1920, 20.07.2021
Luis Ricardo Fernandes Miranda, servidor do Ministério da Saúde, saiu, e seu irmão, o deputado Luis Miranda, participam de audiência da CPI da Covid no Senado Federal, em Brasília, Brasil, sexta-feira, 25 de junho de 2021

Caso não haja, o deputado seria enquadrado dentro do que se caracteriza como denunciação caluniosa, entretanto, se houver, seria identificado crime de prevaricação por parte do presidente.

Por três meses, o governo nada disse publicamente sobre as denúncias em torno da Covaxin. Depois que os irmãos Miranda a tornaram pública, o Palácio do Planalto já apresentou três versões, de acordo com a mídia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала