'Grave incidente': Kim critica altos funcionários norte-coreanos por erros na luta contra COVID-19

© REUTERS / KCNAO líder norte-coreano Kim Jong-un participa do início da construção de 50 mil novos apartamentos, em Pyongyang, na Coreia do Norte, no dia 24 de março de 2021
O líder norte-coreano Kim Jong-un participa do início da construção de 50 mil novos apartamentos, em Pyongyang, na Coreia do Norte, no dia 24 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 30.06.2021
Nos siga noTelegram
O líder norte-coreano, Kim Jong-un, criticou altos funcionários, na segunda reunião alargada do Politburo do Partido dos Trabalhadores da Coreia, por um "grave incidente" ocorrido no âmbito da luta do país contra a pandemia.

Kim Jong-un acusou os altos funcionários de negligenciarem suas funções, segundo informou na quarta-feira (30) a Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA, na sigla em inglês).

"O secretário-geral apontou que os funcionários encarregados de uma questão de importância nacional, negligenciando importantes decisões do partido no processo de implementação de medidas organizacionais, materiais e técnico-científicas, em conformidade com as exigências do prolongado sistema de emergência nacional antiepidemia de preparação para uma crise global na área de saúde, causaram um grave incidente que cria uma enorme crise de segurança para o país e sua população", relatou a mídia.

A agência não detalhou qual foi concretamente o erro dos funcionários. Indicando a irresponsabilidade "crônica" e incompetência dos altos funcionários, o líder norte-coreano exortou o partido a combater amplamente "as imperfeições ideológicas" e todo o tipo de fatores negativos que sejam identificados em funcionários.

"O secretário-geral criticou seriamente o experimentalismo, o hábito de resolver todas as questões em cinco minutos e o pensamento ultrapassado encontrados nos altos funcionários", de acordo com mídia.

A Coreia do Norte oficialmente afirma não ter casos do coronavírus, no entanto continua realizando um rigoroso controle fronteiriço e tomando medidas em seu território. Recentemente, Pyongyang apelou para a "máxima vigilância" devido à propagação da variante Delta da COVID-19.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала