Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Chefe da Guarda Revolucionária do Irã afirma que o país possui drones com alcance de 7.000 km

© AFP 2021 / Corpo Revolucionário da Guarda Islâmica do Irã Drone iraniano sendo lançado enquanto transporta um míssil durante exercícios militares
Drone iraniano sendo lançado enquanto transporta um míssil durante exercícios militares - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2021
Nos siga no
O Irã tem experiência com drones desde a guerra com o Iraque na década de 1980. Em janeiro, A República Islâmica revelou uma série de drones suicidas que afirmam poder atingir alvos a 4.000 km de distância.

O Irã possui drones com alcance de 7.000 quilômetros, afirmou o general Hossein Salami, comandante do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (​IRGC, na sigla em inglês).

"Eles podem voar, voltar para casa e pousar onde estiver planejado", disse o general iraniano durante apresentação da vacina nacional contra a COVID-19, da Universidade Baqiyatallah de Ciências Médicas, em Teerã, neste domingo (27), citado pelo portal The Week.

Salami acrescentou que o Irã havia "decidido ser um dos melhores do mundo em todos os campos […]. Lançamos satélites e somos um dos melhores na fabricação de veículos aéreos não tripulados".

© AP Photo / Chavosh HomavandiDrone iraniano é lançado durante exercício militar no sul do Irã (imagem de arquivo)
Chefe da Guarda Revolucionária do Irã afirma que o país possui drones com alcance de 7.000 km - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2021
Drone iraniano é lançado durante exercício militar no sul do Irã (imagem de arquivo)

Drones iranianos

O Irã tem experiência com drones desde a guerra com o Iraque na década de 1980. De acordo com a mídia, Teerã fornece drones para milícias aliadas como o movimento de milícia xiita Hezbollah, no Líbano, e o movimento iemenita houthi, incluindo "drones suicidas" projetados para colidir com seus alvos.

Em janeiro, o Irã revelou uma série de drones suicidas que afirmam poder atingir alvos a 4.000 km de distância. No ano passado, o IRGC revelou barcos de ataque rápido equipados com drones suicidas Ababil-2 que foram implantados no mar de Omã e no golfo Pérsico.

O uso de drones armados controlados à distância tem se espalhado cada vez mais nas zonas de conflito do mundo. Neste domingo (27), a Índia testemunhou sua primeira ocorrência de drones lançando bombas no aeroporto militar de Jammu e Caxemira.

Israel, inimigo de longa data do Irã, é o maior exportador de drones do mundo.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала