Situação alimentar na Coreia do Norte é 'tensa', afirma Kim Jong-un

© REUTERS / KCNALíder norte-coreano, Kim Jong-un, participando da reunião do Partido dos Trabalhadores da Coreia em Pyongyang, em 4 de junho de 2021
Líder norte-coreano, Kim Jong-un, participando da reunião do Partido dos Trabalhadores da Coreia em Pyongyang, em 4 de junho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 16.06.2021
Nos siga noTelegram
O líder norte-coreano, Kim Jong-un, qualificou como "tensa" a situação alimentar no país devido ao impacto dos tufões de 2020.

Durante uma sessão plenária do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores no dia 15 de junho, o líder norte-coreano constatou "uma série de desvios na execução do plano estatal e das diretrizes políticas devido a diversos obstáculos e dificuldades que estão sendo enfrentados na atualidade".

Kim, citado pelo jornal Rodong Sinmun, observou que "a situação alimentar da população está se tornando tensa, pois o setor agrícola não cumpriu com seu plano de produção de grãos devido aos danos causados pelos tufões" que atingiram a região em 2020, e instou o plenário a tomar medidas para resolver a questão.

Entre as tarefas prioritárias, o líder mencionou a "revisão da execução das principais políticas estatais para o primeiro semestre do ano e a tomada de medidas" correspondentes, bem como "dirigir todos os esforços à agricultura neste ano".

A península da Coreia foi atingida por diversos tufões durante 2020, incluindo o Bavi e o Maysak, que afetaram a Coreia do Norte no final de agosto e início de setembro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала