Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Rachadinha: Flávio Bolsonaro entra na Justiça para ter acesso a dados de investigações contra ele

© Folhapress / Pedro Ladeira/FolhapressO senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro
O senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro - Sputnik Brasil, 1920, 10.06.2021
Nos siga no
Defesa do senador afirma que não teve acesso aos dados das investigações da Receita Federal. Flávio Bolsonaro ingressou com um habeas data.

A defesa do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) pediu que a Justiça Federal determine a divulgação da devassa que a Receita Federal fez nos sistemas do fisco para identificar eventuais acessos aos dados fiscais do senador, relata o jornal Folha de S. Paulo.

Os advogados do filho do presidente Jair Bolsonaro ingressaram com um habeas data, instrumento jurídico usado por perseguidos políticos durante a ditadura militar, que tem como objetivo assegurar a um cidadão acesso a dados e informações pessoais sob a guarda do Estado.

Segundo a mídia, a Receita fez uma devassa para tentar identificar investigações em dados fiscais do presidente Bolsonaro, de seus três filhos políticos, Flávio, Eduardo e Carlos, de suas duas ex-mulheres, da primeira-dama Michelle, e de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ).

Os alvos do habeas data são o coordenador-geral de Tecnologia e Segurança da Informação da Receita, Juliano Neves, e o presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Gileno Gurjão Barreto.

© Folhapress / Nayra Halm/Fotoarena O presidente Jair Bolsonaro e o filho Flávio durante cerimônia de inauguração de obra.
Rachadinha: Flávio Bolsonaro entra na Justiça para ter acesso a dados de investigações contra ele - Sputnik Brasil, 1920, 10.06.2021
O presidente Jair Bolsonaro e o filho Flávio durante cerimônia de inauguração de obra.

Rachadinha na ALERJ

Em março, uma reportagem mostrou que a quebra de sigilos bancário e fiscal de pessoas e empresas ligadas a Flávio, realizada no âmbito da investigação que apura a ocorrência de um esquema de rachadinhas no gabinete de Flávio quando era deputado estadual, aponta indícios de que irregularidades semelhantes também podem ter ocorrido no gabinete do seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, quando este era deputado federal. 

O senador, que recentemente filiou-se ao partido Patriota, foi denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) por apropriação indébita, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

'Não faço fileira com bandido'

Esta semana o vereador paulistano Rubinho Nunes foi expulso do Patriota. O parlamentar foi denunciado por indisciplina partidária e afirma que foi expulso devido às críticas que fez ao partido após a filiação de Flávio. 

"Eu não faço fileira com a família Bolsonaro, com bandido, criminoso [...]. Vou tocar a minha vida bem longe deles", disse político, que também é advogado do Movimento Brasil Livre (MBL), à Folha nesta quinta-feira (10).

A decisão foi tomada em convenção municipal da legenda realizada na segunda (7). Nunes afirmou que não vai recorrer da decisão.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала