- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Senador Eduardo Girão insinua que há células 'extraídas de fetos abortados' na CoronaVac

© REUTERS / Valentyn OgirenkoUm trabalhador médico mostra um frasco com a vacina CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, em uma clínica em Kiev, na Ucrânia, em 15 de abril de 2021
Um trabalhador médico mostra um frasco com a vacina CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, em uma clínica em Kiev, na Ucrânia, em 15 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 27.05.2021
Nos siga noTelegram
Senador da base governista, Eduardo Girão questionou Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, sobre a presença de células "extraídas de fetos abortados" na CoronaVac.

As fake news continuam viralizando nas redes sociais durante as investigações da CPI da Covid. Nesta quinta-feira (27), o senador da base governista, Eduardo Girão, insinuou que a CoronaVac é feita com células de fetos que foram abortados.

​O boato de que vacinas são feitas com fetos abortados é antigo, tendo sido desmentido em outras oportunidades. A CoronaVac, por sua vez, nunca utilizou esse tipo de material.

Ela é feita com o SARS-CoV-2 inativado e replicado em em outra família de células, as Vero. Essas são derivadas do rim de um macaco dos anos 1960.

© Folhapress / Rivaldo GomesInsumos para produção da vacina CoronaVac chegam da China, no aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo
Senador Eduardo Girão insinua que há células 'extraídas de fetos abortados' na CoronaVac - Sputnik Brasil, 1920, 27.05.2021
Insumos para produção da vacina CoronaVac chegam da China, no aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала