Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Pastor Silas Malafaia diz que a CPI da Covid 'arregou' ao não convidá-lo para depor

© Lula Marques/Agência PTPastor Silas Malafaia se revolta com sua prisão coercitiva em operação da PF em investigação de corrupção
Pastor Silas Malafaia se revolta com sua prisão coercitiva em operação da PF em investigação de corrupção - Sputnik Brasil, 1920, 27.05.2021
Nos siga no
Em vídeo publicado nas redes sociais, o líder neopentecostal da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, questionou as razões que levaram os senadores a decidir pela sua não convocação.

Em uma publicação de quatro minutos, o pastor evangélico afirmou que há um requerimento na CPI para convidá-lo a depor. Ele citou o senador Flávio Bolsonaro, e disse que o filho do presidente havia feito, inclusive, um apelo para que seu nome fosse chamado.

​Silas Malafaia é apontado como um suposto auxiliar do presidente da República no que ficou conhecido na CPI como o Ministério da Saúde clandestino, que supostamente aconselhava Jair Bolsonaro com políticas sanitárias que agravaram os efeitos da pandemia no país.

O senador Flávio Bolsonaro foi quem levantou o nome de Silas durante as sessões da CPI. Ele afirmou que o presidente da República tinha o costume de se aconselhar com o pastor, que é crítico das vacinas e do lockdown.

No vídeo em que cobra explicações para não ter sido chamado para depor, Silas Malafaia afirma "que conversa com o presidente sobre temas políticos". Em seguida, disse que os membros da CPI "não querem ouvir a verdade".

Ele disse que o dinheiro entregue pelo governo federal aos estados "resolveria" a questão pandêmica no Brasil, porém, ao citar o número de hospitais que poderiam ter sido construídos, não especificou como os estados arcariam com suas despesas.

Como se sabe, essa foi uma das razões para o fechamento de diversos hospitais de campanha montados ao longo das ondas da COVID-19 no Brasil: a falta de dinheiro para manutenção da estrutura.

Ele disse que alguns senadores "temem o confronto" com ele, pois "são carentes de argumentos". Ele chamou a CPI de "circo" e disse que os parlamentares "arregaram".

© REUTERS / Adriano MachadoO senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) fala com os jornalistas antes do início da sessão da CPI da Covid
Pastor Silas Malafaia diz que a CPI da Covid 'arregou' ao não convidá-lo para depor - Sputnik Brasil, 1920, 27.05.2021
O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) fala com os jornalistas antes do início da sessão da CPI da Covid

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала