Biden pede que Congresso tome medidas contra 'epidemia de violência armada' nos EUA

© REUTERS / KEVIN LAMARQUEO presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, durante discurso na Casa Branca, em Washington, em 20 de maio de 2021
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, durante discurso na Casa Branca, em Washington, em 20 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.05.2021
Nos siga noTelegram
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu ao Congresso ações para acabar com a epidemia de violência armada no país após um novo tiroteio em massa na Califórnia.

"A vice-presidente [Kamala] Harris e eu fomos informados sobre a horrível tragédia que ocorreu esta manhã em San Jose, onde um atirador solitário matou pelo menos oito pessoas e feriu várias outras em um pátio ferroviário do condado", disse o chefe de Estado norte-americano. "Mais uma vez, exorto o Congresso a agir imediatamente e atender ao apelo do povo americano, incluindo a grande maioria dos proprietários de armas, para ajudar a acabar com esta epidemia de violência armada na América". 

​O presidente ordenou que as bandeiras em instalações federais dos EUA fossem baixadas a meio mastro em homenagem às vítimas do tiroteio em massa desta quarta-feira (26), que deixou nove pessoas mortas, incluindo o atirador. 

Nesta manhã, um homem armado matou oito pessoas em uma instalação da Autoridade de Transporte do Vale de Santa Clara (VTA), onde o atirador e as vítimas trabalhavam, de acordo com o porta-voz do Gabinete do Xerife do Condado de Santa Clara. Os policiais não trocaram tiros com o atirador e presumem que ele tenha morrido em decorrência de um ferimento autoinfligido por arma de fogo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала