Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Porta-voz das Forças de Defesa de Israel acusa o Irã de 'envolvimento direto' no conflito em Gaza

CC BY 2.0 / Forças de Defesa de Israel (IDF) / Soldados das Forças de Defesa de Israel (IDF) em Hebron
Soldados das Forças de Defesa de Israel (IDF) em Hebron - Sputnik Brasil, 1920, 24.05.2021
Nos siga no
O conflito entre Israel e Hamas teve uma escalada em 10 de maio, com milhares de foguetes lançados do território de Gaza, e Israel retribuindo com ataques aéreos contra alvos do Hamas.

Desde que ambos os lados anunciaram na última quinta-feira (20) que aceitaram a iniciativa egípcia de um cessar-fogo incondicional, que entrou em vigor em 21 de maio, especialistas comentam as consequências políticas do confronto para a região.

Neste domingo (23), Jonathan Conricus, porta-voz das Forças de Defesa de Israel (FDI), afirmou em entrevista à Fox News que o Irã desempenhou um papel crucial nas recentes hostilidades entre Israel e o Hamas.

Segundo ele, o confronto não teria sido possível "sem o conhecimento, financiamento, experiência e envolvimento direto do Irã". Em seguida, ele afirmou: "É muito claro: as impressões digitais iranianas estão em toda a situação em termos de dinheiro, conhecimento, pessoal e energia gasta".

Conricus alegou que "os iranianos são os principais exportadores de instabilidade, terror, morte e destruição" na região.

"Especialistas iranianos, engenheiros e pessoas que lidam com foguetes e explosivos, têm educado e dito aos engenheiros do Hamas como produzir foguetes, como fabricar suas próprias armas. Se não fosse por essa intervenção iraniana muito específica e detalhada, não teríamos estado na situação agora", afirmou.

O porta-voz do exército israelense observou que o FDI está determinado a neutralizar a produção de armas Hamas.

© REUTERS / Ibraheem Abu MustafaAtaque de Israel contra alvos do Hamas em Gaza
Porta-voz das Forças de Defesa de Israel acusa o Irã de 'envolvimento direto' no conflito em Gaza - Sputnik Brasil, 1920, 24.05.2021
Ataque de Israel contra alvos do Hamas em Gaza

A escalada em Gaza

Os confrontos entre a polícia israelense e os manifestantes palestinos antes das recentes hostilidades duraram semanas, começando em abril, durante o Ramadã, enquanto a polícia tentava restringir as reuniões muçulmanas perto dos Portões de Damasco.

A situação piorou depois que um tribunal israelense decidiu despejar várias famílias árabes da área de Sheikh Jarrah, em Jerusalém Oriental, no início de maio.

Em 10 de maio, o Hamas começou a disparar foguetes contra Israel. As FDI responderam com ataques aéreos sobre a Faixa de Gaza. De acordo com as últimas estimativas, 277 palestinos morreram durante ações militares. Israel, por sua vez, registrou 12 vítimas.

Os dois lados concordaram com um cessar-fogo em 20 de maio, sem condições preliminares. As negociações, mediadas pelo Egito, levaram ao fim das hostilidades em 21 de maio.

© REUTERS / Mohammed SalemUma mulher palestina com seu filho nos braços foge de casa durante ataques aéreos e de artilharia israelenses
Porta-voz das Forças de Defesa de Israel acusa o Irã de 'envolvimento direto' no conflito em Gaza - Sputnik Brasil, 1920, 24.05.2021
Uma mulher palestina com seu filho nos braços foge de casa durante ataques aéreos e de artilharia israelenses

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала