Europa não pode resolver todos os conflitos, especialmente o do Oriente Médio, afirma Merkel

© REUTERS / Sean GallupChanceler alemã, Angela Merkel, durante conferência de imprensa em Berlim, Alemanha, 24 de fevereiro de 2021
Chanceler alemã, Angela Merkel, durante conferência de imprensa em Berlim, Alemanha, 24 de fevereiro de 2021  - Sputnik Brasil, 1920, 20.05.2021
Nos siga noTelegram
Nesta quinta-feira (20), a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou que a Europa não pode resolver todos os conflitos no mundo, especialmente um tão complexo como o do Oriente Médio.

"A Europa não pode resolver todos os conflitos, e o conflito do Oriente Médio é um dos mais complexos, no mundo de uma só vez", afirmou a chanceler, adicionando que a União Europeia "assumiu uma responsabilidade maior na África".

Ela lembrou sobre o papel da UE na normalização na Líbia, o que, segundo as palavras de Merkel, tornou o "processo sob a égide da ONU mais bem-sucedido".

"Na Líbia ainda não há uma situação clara, mas nós temos um governo transitório que deve preparar eleições, e isso é um progresso", observou.

Anteriormente, Merkel expressou "solidariedade" a Israel em um telefonema para o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, pedindo o fim da pior onda de violência entre israelenses e palestinos em anos.

Durante a entrevista, Merkel também comentou a relação entre a Alemanha e os EUA, afirmando que o presidente norte-americano, Joe Biden, deu um passo em direção à Alemanha relativamente ao conflito sobre o Nord Stream 2, e que Berlim e Washington continuarão dialogando sobre o projeto e a relação com a Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала