Argentina vai reforçar lockdown à medida que pandemia se intensifica no país

© AP Photo / Natacha PisarenkoMarido observa sua esposa com suspeita de COVID-19 durante atendimento em hospital da cidade de Lomas de Zamora, Argentina, 1 de maio de 2021
Marido observa sua esposa com suspeita de COVID-19 durante atendimento em hospital da cidade de Lomas de Zamora, Argentina, 1 de maio de 2021  - Sputnik Brasil, 1920, 20.05.2021
Nos siga noTelegram
A Argentina vai apertar as medidas de lockdown para combater uma segunda onda severa de COVID-19 no país, disseram fontes do governo nesta quinta-feira (20), ressaltando a preocupação, já que casos diários e mortes quebraram recordes na última semana.

O governo nacional decidiu que é necessário fortalecer os controles, disse uma fonte do governo, para prevenir infecções e interromper a circulação do vírus. Unidades de terapia intensiva estão se enchendo em várias regiões do país.

"Este é o pior momento da pandemia", disse a fonte.

A Argentina registrou 35.884 novos casos nesta quinta-feira (20), depois de bater um recorde de 39.652 na quarta (19). O número total de infecções chega a 3,45 milhões, o que coloca o país à frente do Brasil per capita. Houve 72.699 mortes confirmadas.

Uma segunda fonte disse que as medidas exatas ainda estão sendo definidas, mas devem ser anunciadas para sábado (22).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала