Conflito foi 'premeditado' pelo Hamas, diz embaixador de Israel na ONU

© REUTERS / Mohammed SalemPalestinos atuam para retirar pessoas de escombros de prédio bombardeado por Israel na Faixa de Gaza
Palestinos atuam para retirar pessoas de escombros de prédio bombardeado por Israel na Faixa de Gaza - Sputnik Brasil, 1920, 16.05.2021
Nos siga noTelegram
O embaixador de Israel na ONU disse neste domingo (16) que o Hamas praticou violência deliberada para provocar o atual conflito entre palestinos e israelenses no Oriente Médio.

As afirmações foram feitas durante reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas para discutir a escalada de violência na região. 

"Foi completamente premeditado pelo Hamas com objetivo de obter poder político", disse Gilad Erdan, segundo publicado pela agência AFP. 

O representante israelense argumentou que o Hamas provocou as tensões após o presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, adiar as eleições.

A atual conflito começou na noite de 11 de maio, após o fim de ultimato do Hamas, que exigia de Israel a retirada de militares e policiais da Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém, e do bairro de Sheikh Jarrah, tradicional bairro palestino em Jerusalém Oriental.

"Vocês realmente acreditam que essa disputa territorial é o que fez o Hamas lançar esses ataques em larga escala contra o povo de Israel?", questionou Gilad. 

Israel diz que mira civis

Até este domingo (16), mais de 3.000 foguetes foram lançados contra o território israelense, partindo da Faixa de Gaza. Já Israel afirma ter atingido mais de 1.500 alvos do Hamas.

Segundo o Ministério da Saúde da Palestina, os ataques israelenses deixaram pelo menos 192 pessoas mortas, incluindo 58 crianças, e feriram mais de 1.200. Do lado israelense, o número de vítimas fatais é de nove.

A correlação de forças vem sendo denunciada como desproporcional por organizações de direitos humanos ao redor do mundo. 

O representante de Israel na ONU pediu para o organismo condenar o Hamas. 

"O Hamas tem civis como alvos; Israel tem terroristas", afirmou ele. "Israel faz todos os esforços para evitar baixas civis; o Hamas faz todos os esforços para aumentar as vítimas civis", acrescentou Gilad Erdan.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала