Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Atraso na vacinação: 10 mil litros de insumos estão retidos na China, diz Doria

© Folhapress / Rivaldo GomesInsumos para produção da vacina CoronaVac chegam da China, no aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo
Insumos para produção da vacina CoronaVac chegam da China, no aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo - Sputnik Brasil, 1920, 10.05.2021
Nos siga no
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta segunda-feira (10) que há 10 mil litros de insumos da vacina CoronaVac retidos na China à espera de liberação para exportação ao Brasil. 

Segundo Doria, esse volume serve para fabricar 18 milhões de doses da vacina contra o coronavírus desenvolvida no laboratório Sinovac. 

Mais cedo, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou que a lentidão e a incerteza na liberação dos insumos podem afetar o cronograma de vacinação no país a partir de junho.

Nesta segunda-feira (10), a entidade entregou dois milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde. Duas novas remessas estão previstas para serem entregues até o final desta semana.

Depois, o Butantan precisa receber a matéria-prima para conseguir reiniciar o envase, suspenso na última quinta-feira (6).

'Problema diplomático'

O governador João Doria também disse que existe a possibilidade de atraso na vacinação. Ele culpou o governo do presidente Jair Bolsonaro pela dificuldade de liberação dos insumos pela China. 

"Temos o temor [de atrasar a vacinação]. Faltam insumos. Por quê? Porque o governo da China não autorizou o embarque. Temos 10 mil litros prontos e aguardando a liberação do governo da China. São 18 milhões de doses. É muito necessário para o Brasil. É um problema diplomático, um problema que se dá pelas manifestações sucessivas erráticas e desnecessárias pelo governo federal, do presidente Jair Bolsonaro, seus filhos e seus ministros", afirmou. 
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала