Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Jordânia protesta contra planos de Israel de despejo de palestinos em Jerusalém

© REUTERS / Ronen ZvulunEm Jerusalém, uma mulher palestina ferida é levada embora durante confrontos com a polícia de Israel em meio ao mês sagrado do Ramadã, em 8 de maio de 2021
Em Jerusalém, uma mulher palestina ferida é levada embora durante confrontos com a polícia de Israel em meio ao mês sagrado do Ramadã, em 8 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.05.2021
Nos siga no
Neste domingo (9), o Ministério das Relações Exteriores da Jordânia protestou contra os planos de Israel de expulsar várias famílias palestinas de suas casas em Jerusalém Oriental.

A Jordânia afirma que um possível despejo é uma violação da lei internacional e dos direitos humanos, e também alertou Israel contra o ataque de fiéis na mesquita de Al-Aqsa, considerado um local sagrado pelos muçulmanos.

"O governo jordaniano enviou uma nota de protesto ao Ministério das Relações Exteriores de Israel sobre as tentativas das autoridades israelenses de despejar à força as pessoas no bairro de Sheikh Jarrah de suas casas", diz o comunicado.

As tensões em Jerusalém Oriental aumentaram depois que recentemente um tribunal judaico decidiu a favor dos colonos judeus que reivindicam terras no bairro de Sheikh Jarrah.

Após a decisão judicial, conflitos entre a polícia israelense e palestinos estouraram perto de Al-Aqsa na noite da sexta-feira (7). A polícia local usou balas de borracha contra os manifestantes. Segundo a ONG Crescente Vermelho, mais de 200 palestinos ficaram feridos em meio ao confronto.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала