Testes do míssil balístico intercontinental Minuteman III dos EUA fracassam

© AFP 2022 / Clayton Wear / Força Aérea dos EUAEsta foto da Força Aérea dos EUA mostra um míssil balístico intercontinental Minuteman III desarmado sendo lançado durante um teste de desenvolvimento, em 5 de fevereiro de 2020, na Base da Força Aérea de Vandenberg, Califórnia
Esta foto da Força Aérea dos EUA mostra um míssil balístico intercontinental Minuteman III desarmado sendo lançado durante um teste de desenvolvimento, em 5 de fevereiro de 2020, na Base da Força Aérea de Vandenberg, Califórnia - Sputnik Brasil, 1920, 05.05.2021
Nos siga noTelegram
Os EUA falharam durante os testes do míssil balístico intercontinental Minuteman III, a investigação das causas da falha está em andamento, informou nesta quarta-feira (5) a Força Aérea dos EUA.

Os testes do míssil decorreram na base aérea de Vanderberg no estado da Califórnia. Como foi notado antes, seu objetivo era a avaliação e a confirmação da eficácia, prontidão e precisão deste sistema de armamento.

"No momento atual, está sendo realizada uma investigação das causas da falha, o Comando de Ataques Globais da Força Aérea dos EUA está avaliando a possibilidade de adiamento do lançamento de teste", diz o comunicado da Força Aérea norte-americana.

Os Estados Unidos realizaram outro teste do míssil Minuteman III em fevereiro na mesma base aérea.

Os mísseis balísticos intercontinentais de três estágios de baseamento terrestre da classe Minuteman de início eram destinados à dissuasão nuclear durante a Guerra Fria com a União Soviética.

Agora, o Minuteman III é o único míssil balístico intercontinental de baseamento terrestre em serviço nos Estados Unidos. Segundo dados abertos, ao total, os EUA possuem 450 mísseis deste tipo. O armamento é capaz de atingir alvos à distância de até 12 mil quilômetros.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала