Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Síria acusa Turquia de 'roubar' água do rio Eufrates

© REUTERS / Rodi Said Um combatente das Forças Democráticas da Síria (FDS) perto do rio Eufrates, ao norte de Raqqa (foto de arquivo)
Um combatente das Forças Democráticas da Síria (FDS) perto do rio Eufrates, ao norte de Raqqa (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 05.05.2021
Nos siga no
As autoridades sírias acusam a Turquia de "roubar" uma grande quantidade de água do rio Eufrates, impedindo que esta chegue ao território sírio.

O portal local Syria Times informou em 2 de maio que a falta de água tem afetado a vida dos residentes e a agricultura nas zonas rurais de Raqqa e Deir ez-Zor.

"O lado turco reduziu os recursos hídricos do rio Eufrates na Síria de 500 para 200 metros cúbicos por segundo nos últimos tempos. Isto impediu a operação das turbinas para gerar energia na hidrelétrica do Eufrates, além da [redução] da água de irrigação e da água potável", declarou o governador de Raqqa, Abdul Razzaq Khalifa.

Em outro artigo, publicado nesta segunda-feira (3), o portal citou também as declarações do diretor de recursos hídricos de Al-Hasakah, Abdul Aziz Amin, que acusou as autoridades turcas de violar "o acordo firmado com a Síria em relação à distribuição de cotas da água do rio Eufrates".

Entretanto, alguns residentes de Deir ez-Zor expressaram suas preocupações de que o baixo nível da água afetará suas plantações.

Além disso, outro residente da região afirmou que a falta de água provocou problemas de transporte, pois reduziu a capacidade operacional de uma balsa.

Segundo o acordo celebrado em 1987, o fluxo do Eufrates para a Síria não pode cair abaixo de 500 metros cúbicos por segundo para que as turbinas na hidrelétrica do rio possam seguir funcionando.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала